Notícias /

HGVC promove palestras sobre prevenção do Câncer de Intestino

30/09/2019 10:32

O Centro de Hemorragia Digestiva (CHD) do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) dedicou todo o mês de setembro para a atenção à prevenção do câncer de intestino. Após ações de sensibilização, o HGVC promoveu palestras sobre a prevenção do câncer de intestino (colorretal), tendo em vista que este é o segundo mais frequente entre as mulheres e o terceiro mais diagnosticado entre os homens brasileiros. Por isso, é importante que haja uma atenção maior voltada para conscientização e prevenção, uma vez que o câncer de intestino pode ser detectado precocemente por meio de exames de colonoscopia.

No auditório do Centro Municipal de Atenção Especializada (Cemae) ocorreu a primeira parte da palestra, voltada para os agentes comunitários de saúde e enfermeiros da Atenção Básica, sobre os temas “Prevenção do Câncer Colorretal: Presente e Futuro”, ministrada pelo especialista Manuel Lescano, e “Importância do exame de colonoscopia”, pelo médico Lafontaine Cunha.

Num segundo momento, desta vez para os médicos da Atenção Básica, médicos e enfermeiros do HGVC. Os temas foram: “Prevenção do Câncer Colorretal: presente e Futuro”, por Manuel Lescano; “Câncer Colorretal: Visão do Oncologista”, por Adriano Fernandes; “Câncer Colorretal Hereditário”, por Leonardo Cunha; e “Importância do exame de colonoscopia”, por Lafontaine Cunha.

Geralmente a doença é precedida de um pólipo que demora a se desenvolver. Pela colonoscopia é possível identificá-lo antes que se torne maligno, portanto a colonoscopia deve ser realizada em todas as pessoas, a partir dos 50 anos. Em caso de histórico da doença na família, a orientação é que seja feita 10 anos antes da idade do familiar quando diagnosticado com câncer. Vale salientar que, além da colonoscopia, existem outras formas de prevenção, como a pesquisa de sangue oculto nas fezes, um exame menos complexo que pode ser uma forma de precaução.

Além das palestras, o HGVC realizou 30 exames de colonoscopia, que foram marcados pelo Núcleo Regulação de Interna (15) e pela Regulação do Município (15), em 27 e 28 de setembro.

Estas ações são importantes para que as informações cheguem à população da região e possam se perpetuar ao longo do tempo, havendo assim reflexão de forma positiva nos indicadores de Saúde, em especial nos índices de diagnósticos precoces do câncer colorretal.

Ascom do HGVC

Notícias relacionadas