Notícias /

Suvisa promove seminário sobre Desenvolvimento Socioeconômico na Bahia

05/12/2019 16:49

Com o objetivo de discutir e refletir sobre o contexto atual do desenvolvimento econômico social no estado, sobre as mudanças no mundo do trabalho e suas implicações para a garantia do direito à saúde, a Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde – Suvisa, por meio da Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde do Trabalhador – Divast/Cesat, promoverá o Seminário: “Desenvolvimento socioeconômico no estado da Bahia: garantias de direitos e desafios para a Política de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora”. O evento acontecerá no dia 13 de dezembro, das 8h às 14h, no Auditório Sergio Macedo – Divast/Cesat (Rua Pedro Lessa, nº 123 – Canela).

O seminário marca os 31 anos de criação e funcionamento da Divast/Cesat na Bahia e pretende propiciar discussão de temas relevantes e, ao mesmo tempo, servir como momento de educação permanente e divulgação de informações para os participantes. Ainda pretende, com seus participantes, apontar perspectivas e desafios para a política estadual de Saúde do Trabalhador, bem como identificar necessidades e prioridades a serem incluídas no planejamento de ações da Divast/Suvisa/Sesab, para o próximo quadriênio.

Na programação, constam temas que serão debatidos em dois momentos: “Desenvolvimento socioeconômico na Bahia: perspectivas e desafios” e “Proteção à Saúde do Trabalhador: desafios atuais frente à desregulamentação de direitos trabalhistas e previdenciários”. Durante o seminário, também ocorrerá o lançamento da Consulta Pública da proposta de Política de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, documento de fundamental importância para o fortalecimento e ampliação das ações de saúde do trabalhador nos municípios e regiões de saúde do estado da Bahia.

Os participantes esperados são os técnicos e gestores da rede de atenção à atenção à saúde do trabalhador no SUS Bahia; professores, pesquisadores e alunos de Universidades parceiras; representantes de trabalhadores, sindicatos, centrais sindicais e movimentos sociais; representantes de instituições e entidades parceiras (secretarias de governo, Ministério Público, INSS, Superintendência Regional do Trabalho, Fundacentro, entre outras); representantes de conselhos e instâncias intersetoriais (CES, CISTT, Agenda Bahia do Trabalho Decente, Forumat, CIAM entre outras 

Fonte: Suvisa

Notícias relacionadas