Notícias /

Reduzido número de atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos no Hospital Clériston Andrade

16/12/2019 14:33

O Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) registou, em 2019, uma redução no total de atendimentos a vítimas de acidentes automobilísticos na emergência, quando comparado ao mesmo período do ano passado. Este ano, foram registrados 3.028 atendimentos, enquanto em 2018 o total foi de 3.613 pessoas, uma diminuição de 585 casos. O destaque foi para a redução a vítimas de acidentes de moto: este ano foram 1.852 casos registrados na unidade até o momento, um número bem menor que o mesmo período de 2018, quando deram entrada 2.392 pacientes.

“Consideramos o número ainda alarmante de acidentados de motos, mas acredito que a redução se deu por conta da boa atuação da Polícia Militar, especialmente pelo pelotão Asa Branca, que realizou várias blitz na cidade. Geralmente, os casos de acidentes sobrecarregam o setor de ortopedia uma vez que estes pacientes necessitam de uma permanência maior e a maioria de cirurgia, o que gera custos altos para a unidade”, informou José Carlos de Carvalho Pitangueira, diretor-geral do HGCA.

Ainda de acordo com a direção do hospital, em todo o ano de 2019 foram registrados 21.298 atendimentos na emergência, destes 10.055 foram clínicos, seguidos dos automobilísticos (3.028), quedas (1.828) e violência (1.432), que também apresentou redução em relação ao ano anterior quando foram registrados 1.546 casos.

Estatística Geral 2019
Atendimentos na Emergência: 21.298
Atendimentos Ambulatoriais : 33.310
Cirurgias : 6.301
Exames de Bioimagem: 59.150
Exames Laboratoriais : 665.168
Total : 785.227

O Hospital Geral Clériston Andrade é o maior hospital público porta aberta de Feira de Santana e região, pactuado com 126 municípios, e com capacidade para 300 leitos.

Fonte: ASCOM/HGCA

Notícias relacionadas