Notícias /

Trabalho em equipe torna o Hospital Regional Costa do Cacau referência em saúde pública

18/12/2019 11:34

No início deste mês, o secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas destacou que o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, é uma unidade hospitalar de grande resolutividade do interior baiano. Para o Ministério da Saúde, a resolubilidade é definida como “a exigência de que quando um indivíduo busca o atendimento, ou quando surge um problema de impacto coletivo sobre a saúde, o serviço esteja capacitado para enfrentar e resolver, até o nível da sua competência”.

Muitos resultados positivos foram alcançados ao longo deste ano, como relata o diretor assistencial do HRCC, Almir Gonçalves. “Já abrimos aqui 10 novos leitos de UTI, 56 de enfermaria, tivemos ampliação de serviços ambulatoriais, com consultas em dermatologia, cardiologia, neurologia, urologia, ginecologia, buco-maxilo e angiologia”.

O médico ainda lembrou que o hospital realizou procedimentos inéditos na região, cem por cento SUS. “Fizemos tratamento de aneurisma e malformação arteriovenosa cerebral por embolização, implante de cardioversor desfibrilador implantável e ressincronizador cardíaco, angioplastia coronariana, com uso de stent farmacológico, CPRE (investigação diagnóstica da vesícula e do pâncreas) e cirurgia plástica reparadora”.

Toda essa referência que o HRCC recebe, devido ao seu atendimento de qualidade em saúde pública, tem o suporte de uma força de trabalho empenhada e dedicada para oferecer o melhor, com foco principal na atenção e nos cuidados aos pacientes usuários do SUS. Diversos setores têm suas equipes que trabalham com dedicação para garantir a excelência dos serviços prestados no hospital, conheça alguns deles.

Enfermagem – Formado por profissionais experientes e especializados em suas áreas de atuação, visa o atendimento humanizado, com a admissão do paciente, feita através de classificação através do protocolo Manchester (sistema de triagem), de acordo com a gravidade e os sintomas apresentados, otimizando o tempo de resposta no atendimento e tratamento dos agravos, e encaminhado à especialidade, caso necessário.

Técnicos de enfermagem – Realizam os procedimentos coordenados pelos enfermeiros, desenvolvem suas ações com ética, orientam os pacientes no pré-operatório, colaboram com as rotinas dos setores. Desenvolvem o trabalho com os objetivos de alcançar a satisfação, segurança e qualidade da assistência aos pacientes atendidos.

Higienização – Fundamental para desinfecção dos ambientes, de forma correta e ordenada, com seleção de produtos adequados e aplicados por profissionais treinados, proporcionando o bem-estar para o paciente e seu familiar, diminuindo os riscos de infecção hospitalar.

Administrativo – Conta com profissionais de diversas atuações, profissionais de nível superior e técnico, todos com devido treinamento para suas funções. Atua como facilitador fornecendo todo o suporte para que a assistência realize os atendimentos aos pacientes com as condições adequadas.

Nutrição clínica – Composto por profissionais (nutricionistas e nutrólogo) de excelência, contribui na recuperação da saúde dos pacientes assistidos. O serviço funciona através da triagem (visita ao leito), na avaliação nutricional dos pacientes que define a conduta da dieta de acordo as necessidades de cada indivíduo, respeitando a cultura e os hábitos alimentares. Atua na terapia nutricional enteral (alimentos para fins especiais) onde dispõe de dietas e suplementos especializados para cada patologia, a fim de otimizar o serviço quanto ao suporte nutricional.

Cozinha – Cozinheiros competentes preparam os alimentos com todo o cuidado e seguem as orientações da nutrição, em busca do melhor atendimento aos pacientes, acompanhantes e colaboradores. Fornece a energia necessária diária para as pessoas na unidade hospitalar.

Agentes de transporte (Maqueiros) – Exercem um papel fundamental na unidade hospitalar, auxiliando no deslocamento dos pacientes por vários setores do hospital através de macas e cadeiras de rodas.

Recepção – Conta com profissionais capacitados para acolher o paciente e seus familiares de forma humanizada e atendê-los da melhor forma possível, uma vez que, muitos deles chegam com o estado emocional bastante fragilizado.

Portaria – Responsável pelo controle da entrada de pessoas. Busca realizar o trabalho com postura humanizada, se portando da forma mais adequada possível para manter a dignidade e o respeito daqueles que buscam o atendimento no hospital.

Informática – Todos os esforços são realizados para manter o funcionamento contínuo da rede para o sistema de atendimento digital, que visa garantir a qualidade e maior agilidade nos serviços prestados aos pacientes.

Manutenção – Visa priorizar as demandas referentes à segurança dos pacientes, especialmente nos ambientes de UTI, centro de cirurgia e emergência. Tem como objetivo manter o funcionamento adequado da unidade, com a preservação da vida, em primeiro lugar.

Transporte – Condutores de veículos qualificados, com cursos específicos, garantem os cuidados devidos com os pacientes em seus deslocamentos.

Ascom do HRCC

Notícias relacionadas