Notícias /

Hospital do Subúrbio expõe produção artística de pacientes e colaboradores

05/03/2020 13:54

Há seis meses internado no Hospital do Subúrbio (HS), o guia de esportes radicais e artista plástico Antônio Jorge Costa Santos, 66 anos, descobriu uma forma prazerosa de enfrentar o seu processo de adoecimento e encontrar tranquilidade em meio ao turbilhão de sentimentos que tomam conta da pessoa na condição de paciente. Autorizado pela equipe do hospital a usar algumas ferramentas de trabalho simples, como lápis de cor e papel, Antônio Jorge surpreendeu com a sua arte os profissionais de saúde e pacientes da enfermaria em que se encontrava. Desenhos de natureza, anjos, barcos e até os rostos daqueles que cuidavam dele diariamente foram retratados nas folhas de papel e passaram a alegrar as paredes da enfermaria.

Os desenhos ganharam fama pelo hospital que, por meio do Grupo de Trabalho de Humanização (GTH), decidiu pôr em prática um projeto permanente de exposição da produção artística de profissionais do HS e de pacientes que, assim como A

ntônio Jorge, possuem um talento digno de ser compartilhado. Assim foi criado o projeto “Artista no Subúrbio”, que pretende mostrar trabalhos nas diversas vertentes: fotografia, pintura, desenho, escultura e literatura (poemas, poesias, cordéis) e demais expressões artísticas que possam ser expostas.

A mostra de arte de Antônio Jorge teve sua estreia no dia 18 de fevereiro, chamando a atenção de profissionais, pacientes, acompanhantes e visitantes, que apreciaram os desenhos e prestigiaram o trabalho do paciente artista. “Achei os desenhos muito bons. Ele desenhou as minhas colegas e também vai me desenhar. O trabalho dele é muito interessante, me sinto feliz ao ver tudo isso”, disse Ana Márcia, auxiliar de Higienização do HS.

“É uma grande vitória minha e do hospital. Com essa exposição, é possível despertar o interesse de outras pessoas para que mostrem seus trabalhos aqui. Essa oportunidade ajuda na cura do paciente, estou me sentindo útil”, explicou Antônio Jorge. “Fiquei mais calmo para aguentar a internação. Minha família está satisfeita em ver meu comportamento, de tranquilidade”, acrescentou.

Acompanhante de um paciente internado no HS, Hugo Pereira afirmou estar impressionado com o trabalho. “Esse projeto pode incentivar outros pacientes e até mesmo os funcionários. Proporciona um momento enriquecedor e de lazer, em um hospital público”, ressaltou. Paciente da Enfermaria Pediátrica, Luis Fernando Pereira, de 8 anos, ficou tão animado com os desenhos que pediu à equipe lápis e papel. “Gosto de desenhar. Achei lindo. O artista me falou que um dos desenhos era uma caneta em forma de sereia”, comentou entusiasmado.

Ascom do Hospital do Subúrbio

Notícias relacionadas