Notícias /

Hospital da Mulher suspende cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais por 60 dias

18/03/2020 11:14

Como estratégia de contingenciamento ao avanço do novo coronavírus (COVID-19), o Hospital da Mulher Maria Luzia Costa dos Santos, localizado no Largo de Roma, em Salvador, anuncia, nesta terça-feira (18), a suspensão de cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais pelo prazo de 60 dias, a partir de quarta-feira (19). A medida foi tomada em consonância com a Nota Técnica n° 01 do Governo do Estado/SESAB/GASEC/COVID-19.

As cirurgias oncológicas e os atendimentos ambulatoriais da oncologia clínica (quimioterapia), assim como as demais pacientes acompanhadas pelo Núcleo de Apoio Especializado e egressas pós-cirúrgicas, estarão mantidos durante o período.

Permanece também com funcionamento normal, nas 24 horas, por demanda espontânea ou referenciada, os atendimentos às mulheres expostas a violência sexual, através do Serviço AME. A medida possui caráter preventivo e visa a diminuição do grande fluxo diário de pacientes, permitindo assim a continuidade dos serviços essenciais de forma segura e resolutiva. Todas as agendas suspensas deste período serão remarcadas e informadas às pacientes.

O Hospital da Mulher atende mulheres de todos os 417 municípios da Bahia. Em média, são realizados 10 mil atendimentos e cerca de 1000 cirurgias por mês.

Ascom HM

Notícias relacionadas