Notícias /

Barreiras sanitárias nos aeroportos já monitoraram mais de 1.500 passageiros em dois dias de trabalho

21/03/2020 18:38

Mais de 1,5 mil passageiros foram monitorados ao entrar na Bahia, pelos aeroportos de Salvador, Ilhéus e Porto Seguro, até esta sexta-feira (20), sendo que apenas um tinha febre. O rastreamento de pessoas com sintomas do Covid-19, ou coronavírus, está sendo realizado pela Vigilância Sanitária, por meio do Centro de Operações de Emergência. Uma equipe de 120 profissionais está atuando 24h por dia nos aeroportos, de acordo com a planilha de voos oriundos de cidades onde o coronavirus já foi detectado, e também nas principais estradas e rodoviárias da Bahia.

Um dos coordenadores da ação , o sanitarista Ramon Saavedra informa que os aeroportos de Vitória da Conquista e Barreiras também estão sendo monitorados. “As primeiras ações já se iniciaram na segunda-feira, em rodovias estratégicas, na divisa com Minas Gerais e nas rodoviárias. No Aeroporto de Salvador, a primeira ação foi na quinta-feira (19) à tarde, após autorização da justiça solicitada pelo governador Rui Costa”.

Segundo Saavedra, as ações, chamadas de inspeção sanitária, fazem o monitoramento de possíveis pessoas sintomáticas. “É utilizado um termômetro de testa à distância para aferir rapidamente a temperatura das pessoas. Aquelas que apresentarem temperatura a partir de 37.8º C são convidadas a responder um questionário e recebem as recomendações para adotar medidas de prevenção, principalmente o isolamento doméstico, e é coletado o material para o teste do coronavirus”.

Em Salvador, na quinta-feira (19), de acordo com dados da Secretaria da Saúde do Estado, foram abordados três voos oriundos de São Paulo, com 293 passageiros monitorados, nenhum com febre. Na sexta-feira, foram oito voos, provenientes do Rio de Janeiro, São Paulo e Fortaleza, com mais de 743 pessoas monitoradas, nenhum também apresentando estado febril. Todos os voos internacionais de chegada foram cancelados, na quinta e na sexta-feira.

Em Porto Seguro, na sexta-feira (20) foram nove voos abordados, segundo Saavedra, oriundos principalmente de São Paulo e Minas Gerais, com 237 passageiros monitoradas, nenhum apresentando estado febril. Em Ilhéus, também na sexta-feira, foram dois voos abordados, provenientes de São Paulo, com 230 pessoas monitoradas e uma pessoa febril. Ao todo, nos três aeroportos, nos dois dias de abordagem, foram monitorados 1509 passageiros e apenas um apresentou estado febril.

Autorização

As barreiras sanitárias nos aeroportos foram autorizadas pelo juiz federal da 3ª Vara Cível/SJBA, Eduardo Gomes Carqueija, para a detecção de possíveis casos do novo coronavírus. A decisão permite que profissionais da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia possam inspecionar voos nacionais vindos de São Paulo e Rio de Janeiro, bem como voos internacionais ou voos que cheguem de áreas onde já comprovadamente haja casos de contaminação (comunitária ou não) pelo COVID-19. O Estado da Bahia poderá, ainda, adotar as medidas necessárias à inspeção sanitária nas aeronaves que cheguem aos aeroportos localizados na Bahia e nos equipamentos desses aeroportos.