Notícias /

Saiba como funcionará o ambulatório do Hospital Roberto Santos durante a quarentena

11/05/2020 17:47

Durante toda a quarentena, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) oferecerá assistência online para pacientes que já são atendidos no ambulatório da instituição. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, nos períodos da manhã e tarde, e conta com proctologia, urologia, cirurgia vascular, cirurgia geral, neurocirurgia, neuropediatria, endocrinologia pediátrica, pneumologia pediátrica, infectologia pediátrica, hematologia pediátrica, nefrologia pediátrica e cardiologia pediátrica.

A agenda, com dias e horários destinados a cada especialidade, está disponível nas redes sociais oficiais da unidade (@hospitalrobertosantos, no Facebook e Instagram). Em caso de necessidade, o usuário já pode entrar em contato pelo e-mail fiqueemcasa@saude.ba.gov.br ou, no momento da teleconsulta, pelo telefone 71 99120-4993 (apenas WhatsApp).

A ação está em consonância com o Conselho Federal de Medicina (CFM) e o Ministério da Saúde (MS), que reconhecem a possibilidade e a eticidade de uso da telemedicina no país enquanto durar o combate à pandemia da Covid-19. Nesse âmbito, os médicos poderão emitir atestados ou receitas médicas em meio eletrônico.

Pré-natal

No caso da assistência oferecida às gestantes assintomáticas para o novo coronavírus, o MS recomenda a continuidade das ações de cuidado pré-natal, resguardado o zelo com a prevenção de aglomerações, com as melhores práticas de higiene e com o rastreamento e isolamento domiciliar de casos suspeitos de síndrome gripal. Sendo assim, o HGRS manterá o atendimento presencial no ambulatório de pré-natal de alto risco.

Neste ambulatório, o fluxo de agendamento permanecerá o mesmo para pacientes externas, por meio do sistema Lista Única. Já as pacientes egressas de internação no HGRS terão agendamento realizado na ocasião da alta hospitalar. Informações adicionais podem ser obtidas por meio do telefone (71) 99655-0591.

Fisioterapia para Parkinson

Além das especialidades médicas, o serviço de fisioterapia do Hospital Roberto Santos já está funcionando com atendimento à distância. Tendo em vista o impacto que a pandemia da Covid-19 pode causar para as pessoas com doença de Parkinson e – de acordo com a resolução do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito), que autoriza o atendimento não-presencial durante esse período – a instituição introduziu a teleconsulta e telemonitoramento para os pacientes cadastrados no Ambulatório de Transtornos do Movimento e Doença de Parkinson do HGRS.

Ascom HGRS

Notícias relacionadas