Notícias /

Hospital Clériston Andrade realiza visita virtual entre pacientes e familiares

04/06/2020 14:16

Em tempos de isolamento social, o uso da tecnologia e de ferramentas digitais está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. Objetivando amenizar a saudade entre pacientes internados e seus familiares, o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, adotou a Visita Virtual para os pacientes que estão internados nas unidades fechadas, como Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), semi intensiva e estabilização.

O Projeto de Visita Virtual está sendo desenvolvido pelo serviço de psicologia hospitalar do HGCA e realizado em parceria com a equipe médica, de enfermagem e do serviço social. Para tornar possível a funcionalidade da Visita Virtual, o hospital disponibilizou um ambiente tecnológico com distribuição de sinal de Wi-Fi. Fazendo uso de um tablet com câmera e microfone integrados o profissional de psicologia realiza a vídeochamada entre paciente e familiar.

Segundo Kamilla Lopes, coordenadora do serviço de psicologia hospitalar do HGCA, a opção de realizar as visitas virtuais nas unidades fechadas se deu por se tratar de pacientes mais isolados e que não têm acesso aos telefones pessoais.

“O adoecimento e hospitalização são condições difíceis para os pacientes e suas famílias, por isso manter a ligação afetiva entre eles é muito importante, pois contribui para a diminuição da ansiedade e do sofrimento psíquico. Com a suspensão das visitas presenciais, a visita virtual (através de chamada de vídeo) é uma alternativa viável para a maioria das famílias e tem surtido um efeito muito positivo, dando a possibilidade de se verem e conversarem, contribuindo para a manutenção do vínculo familiar e amenizando o sofrimento diante desse período difícil que estamos vivendo”, concluiu Kamilla Lopes acrescentando que na unidade de tratamento da COVID 19, a visita virtual será viabilizada pela enfermagem e a psicologia atenderá os familiares por telefone.

Desde o início da pandemia, em março deste ano, as visitas presenciais no HGCA estão suspensas. Assim sendo, só é permitido acompanhante para menores de 18 e maiores de 60 anos, conforme garante a legislação, desde que não tenha nenhum tipo de síndrome gripal e não esteja em unidade fechada. A decisão visa diminuir o fluxo de pessoas dentro da unidade e deve continuar até que a situação seja normalizada.

Notícias relacionadas