Notícias /

Crianças internadas no HGRS passam a contar com Biblioteca Móvel

28/07/2020 11:14

Com o objetivo de incentivar o reencontro das crianças hospitalizadas com o prazer da leitura, o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) implantou a Biblioteca Móvel. A iniciativa, que conta com o apoio da Associação Viva e Deixe Viver de contadores de história, surgiu a partir da ideia de ampliar a proposta da Brinquedoteca Itinerante (BI-HGRS), alternativa criada durante a pandemia da Covid-19.

Nessa proposta, estão sendo usados recursos de conto e reconto de histórias pelos profissionais, pelas próprias crianças e seus familiares, como uso de​ fantoches e dramatizações. Também são apresentadas às crianças, via aparelhos de celular e de televisão, histórias digitalizadas​, previamente encaminhadas pela Associação Viva e Deixe Viver.

Com a chegada da BI-HGRS, o grupo pretende despertar o faz de conta e o mundo da​ imaginação, conforme explica a terapeuta ocupacional Carina Vieira. “A experiência da associação se somará ao olhar terapêutico das terapeutas ocupacionais e, consequentemente, as crianças serão beneficiadas com a possibilidade de novas propostas lúdicas, habilitadoras e/ou reabilitadoras”, conta ela.

A também terapeuta ocupacional Marilvia Claudino completa: “a parceria amplia as possibilidades de recursos de humanização e tratamento, principalmente em um momento de pandemia e de​ impossibilidade de receber voluntários, presencialmente, no HGRS”.

Monalisa Oliveira, que acompanha a filha na ala pediátrica do Hospital Geral Roberto Santos, comemora: “esta ação estimula as crianças e traz alegria para o período de hospitalização”.

 Ascom HGRS

Notícias relacionadas