Notícias /

Fisioterapeuta do HGRS publica artigo sobre escala de mobilidade hospitalar

10/09/2020 09:23

Membro da Unidade de Acidente Vascular Cerebral do Hospital Geral Roberto Santos (UAVC-HGRS), a fisioterapeuta Iara Maso publicou um artigo na Neurorehabilitation and Neural Repair, revista oficial da Sociedade Americana de Neuroreabilitação, em que avalia a escala de mobilidade hospitalar. O trabalho foi desenvolvido na instituição baiana e teve sua versão em português publicada na revista Pesquisa em Fisioterapia do último mês.

O estudo, conforme conta Iara Maso, demonstrou que a escala de mobilidade hospitalar é confiável para avaliação de pacientes pós-AVC na fase aguda. Mostrou, também, que, quando se aplica o instrumento durante a internação, pode se prever como será a recuperação funcional do paciente após três meses, ou seja, se ele vai ser capaz de se tornar independente na execução das atividades diárias.

“A escala de mobilidade hospitalar foi desenvolvida com o objetivo de facilitar a avaliação fisioterapêutica no ambiente hospitalar. É um instrumento simples, que avalia se o paciente precisa de auxílio para sentar, ficar em pé e andar. Sua aplicação é rápida e prática, podendo ser facilmente inserida na rotina diária de atendimento. Ela ajuda a direcionar o atendimento fisioterapêutico e também pode ser utilizada como um indicador de qualidade. Nós aplicamos essa escala diariamente na unidade de AVC e conseguimos observar a evolução do paciente desde a admissão até a alta”, conta a fisioterapeuta.

A validação deste instrumento fez parte do projeto de mestrado de Iara, com orientação de Jamary Oliveira filho (neurologista e professor da Ufba), co-orientação de Elen Beatriz Pinto (fisioterapeuta e professora da EBMSP) e de Pedro Antônio de Jesus (neurologista e coordenador da UAVC-HGRS). O trabalho é fruto de uma parceria entre o Hospital Geral Roberto Santos, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (EBMSP) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba).

A versão em português pode ser acessada por meio do link http://bit.ly/ArtigoVersaoPortugues e a primeira versão em inglês pode ser acessada pelo link http://bit.ly/ArtigoVersaoIngles.

Ascom do HGRS

Notícias relacionadas