Notícias /

CEDAP comemora 21 anos de fundação com atividades voltadas para os servidores

21/09/2020 16:42

Contabilizando mais de 14 mil atendimentos por telemedicina, desde março até agora, o Cedap – Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa -, unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), completa hoje 21 anos de funcionamento. O centro, responsável pelo atendimento, em média, de sete mil pessoas por mês, e com 57 mil pacientes cadastrados em toda a Bahia, é referência estadual para atendimento ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/Aids (PVHIV), Hepatites virais, Infecções Sexualmente Transmissíveis e População Transgênero.

No momento especial, quando se começou a enfrentar a pandemia do Covid-19, o Cedap colocou em funcionamento a Central de Matriciamento para HIV/Aids, Infecções Sexualmente Transmissíveis e Ambulatório Transgênero, atendendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, através dos telefones 3116.8888 e 3116.8838. O serviço é destinado ao esclarecimento de dúvidas dos usuários, encaminhamento dos casos, conforme as necessidades, e adequações ao momento atual.

“Esse é mais um canal para resolver questões, evitando deslocamentos e riscos de contaminação”, esclarece a diretora do Cedap, Miralba Freire de Carvalho, acrescentando que uma equipe multiprofissional está disponível para avaliação e encaminhamento dos casos e demandas, que serão respondidas em até 72 horas.

A diretora do centro revela que em função da pandemia do coronavírus não foi programa um evento em comemoração ao aniversário da unidade, mas está acontecendo um movimento interno, voltados para os colaboradores e usuários presentes.

NÚMEROS

Desde março, quando teve início a pandemia da Covid-19, o Cedap contabiliza, por meio da telemedicina, um total de 14.310 atendimentos, e destes, 1.131 atendimentos por médicos (orientações, triagens, etc), 2.102 atendimentos para a farmácia, 818 atendimentos de pacientes do ICOM – Instituto Couto Maia. Foram também registrados 95 casos recuperados – pacientes que tinham abandonado o tratamento e ligaram, foram matriciados, acolhidos, e estão hoje tratando o HIV, em seguimento, pelo Núcleo de Inclusão e Adesão ao Tratamento.

Foram feitos também 6.641 atendimentos médicos presenciais, entre os meses de março e agosto, e 6.470 atendimentos laboratoriais, no mesmo período. A diretora do Cedap destaca ainda, que apesar de algumas restrições impostas pela pandemia, foi possível, esse ano, realizar algumas reformas na unidade permitindo melhores condições de atendimento, além de inaugurar, no último mês de julho, a primeira unidade de referência no tratamento de doenças do fígado no Estado. A unidade, focada no atendimento a pacientes com hepatites virais, tem a expectativa de atender 500 pacientes por semana, contando com salas de procedimentos e multidisciplinar, além de ultrassonografia, farmácia e consultórios.

Além de usuários que sofrem com hepatites virais, o local recebe também pacientes com doenças hepáticas autoimunes; induzidas por drogas; nódulos; hepáticos; doenças hepáticas crônicas; e ainda fará atendimento a pacientes no pré e pós-operatório de transplante hepático. A Unidade de Fígado do Cedap fica na Rua do Travador, sem número, no Parque Solar Boa Vista, Engenho Velho de Brotas.

Notícias relacionadas