Notícias /

ICOM retoma a realização de exame do líquor

03/12/2020 16:08

O ambulatório do ICOM retoma a coleta e a realização do exame de líquor (LCR líquido cefalo-raquidiano), por enquanto apenas para exames eletivos, agendados previamente. Com o início da pandemia e a dedicação exclusiva do ICOM ao atendimento dos pacientes com covid-19, o exame do líquor havia sido suspenso.

O líquor (LCR líquido cefalo-raquidiano) é um fluido corporal que envolve o sistema nervoso central (cérebro e medula espinhal). Em situações de normalidade, apresenta-se com aspecto de “água de rocha”, ou seja, límpido, incolor e translúcido. A taxa média de formação do LCR (líquido cefalo-raquidiano) é de 22ml/h ou cerca de 500ml/dia. Sua renovação ocorre de 04 a 05 vezes por dia, sendo o volume total aproximadamente 140ml.

A principal função do líquor é funcionar como uma barreira de proteção mecânica, como um coxim líquido para o cérebro e medula espinhal, protegendo contra choques, alterações de pressão; além de remover produtos do metabolismo de funcionamento do próprio cérebro, drogas ou outras substâncias que entram em contato com o cérebro através do sangue. O exame do líquor contribui para o diagnóstico e acompanhamento de doenças neurológicas.

Coleta da amostra

A forma mais utilizada para a coleta do líquor é a via lombar. Há outras vias alternativas, como a suboccipital, em caso de contraindicações à punção lombar. A médica Karine Ramos, coordenadora da emergência do ICOM, alerta que é importante realizar a coleta do líquor com uma equipe bem treinada, porque mesmo profissionais experientes podem não ter êxito na punção lombar devido a presença de osteófitos, malformações da coluna vertebral, escolioses ou lordoses acentuadas, agitação psicomotora.

Na rede de saúde pública estadual da Bahia, o exame é realizado apenas no ICOM. Mas a amostra pode ser coletada em outra unidade e encaminhada para a análise no ICOM. Para isso, deverá ter no máximo duas horas da coleta, ser acondicionada em caixa térmica com gelox. As amostras são recebidas até as 17h. O volume médio ideal é de 6 ml. Junto com a amostra deve ser encaminhada a solicitação do SUS com a descrição das variáveis a serem analisadas.

Indicações para punção lombar

Indicações do exame

Para realizar o exame no ICOM, é necessário ter prescrição médica e fazer o agendamento no ambulatório pelo telefone (71) 3103-7150 ou enviar e-mail para icom.ambulatorio@saude.ba.gov.br.

Ascom ICOM

Notícias relacionadas