Notícias /

Planejamento Reprodutivo na Atenção Básica é tema de nova série de podcasts produzida pelo Telessaúde Bahia

16/12/2020 09:43

O Planejamento reprodutivo deve ser encarado como um serviço essencial na Unidade Básica de Saúde (UBS). Orientar a mulher quanto a escolha de um método contraceptivo adequado e para a importância da contracepção segura e eficaz levando em conta o desejo da família, principalmente para as mulheres que não desejam ou não podem engravidar, é um importante trabalho a ser realizado pelos profissionais de saúde da Atenção Básica. Este trabalho, que já é importante em todas as épocas, torna-se ainda mais especial neste momento de pandemia, uma vez que as unidades de saúde estão adotando medidas de prevenção ao COVID-19 e controle nos atendimentos prestados à população.

Pensando nisso, o Telessaúde, da Diretoria de Atenção Básica, está lançando a série de podcasts intitulada “Planejamento Sexual e Reprodutivo na Atenção Básica”. O objetivo desta série é apoiar os profissionais da Atenção Básica no cotidiano de seu trabalho, uma vez que os conteúdos abordados trazem as dúvidas mais frequentes dos profissionais de saúde, e fornecem orientações de como ofertar as mulheres adolescentes, jovens e adultas informações de acesso e escolha de métodos eficientes, seguros, permissíveis e aceitos.

No primeiro episódio da série, que traz a médica ginecologista e obstetra, e, também teleconsultora do Telessaúde, Karina Adame, aborda os Contraceptivos Hormonais Injetáveis de Progesterona Isolada trimestrais e mensais. Já o segundo episódio, lançado nesta quinta-feira (10/12), a teleconsultora de enfermagem do Telessaúde, Naiara Andrade, conversa com a médica Karina Adame sobre a importância do planejamento reprodutivo na Atenção Básica, a partir da exposição de alguns casos clínicos.

Os podcasts podem ser ouvidos no site do Telessaúde e/ou na plataforma de streaming do Soundcloud.

Fonte: Telessaude

Notícias relacionadas