Notícias /

Seleção para Residência em Área Profissional da Saúde terá protocolos de biossegurança no dia da prova

08/01/2021 16:57

O Processo Seletivo Unificado para Residência em Área Profissional da Saúde, nas modalidades Uniprofissional e Multiprofissional, do Estado da Bahia – SUS/2021, com prova objetiva a ser realizada no próximo domingo (10), no turno matutino, exclusivamente no município de Salvador, foi organizado considerando o estado de calamidade pública, decretado em virtude da pandemia da Covid-19. Para tanto, algumas medidas foram tomadas prevendo a segurança dos candidatos e profissionais envolvidos no certame.

Entre as ações, a organização do processo seletivo realizou a redução do tempo de prova com igual redução do número de questões; estabeleceu orientações sanitárias, que serão obrigatórias para todos os candidatos, descritas no cartão Informativo de Inscrição além de realizar adequações para atender as normas de sanitização nos locais de prova, em consonância com os termos do Decreto da Prefeitura Municipal de Salvador n° 321.798, de 04 de setembro de 2020.

O processo seletivo é realizado sob a responsabilidade da Comissão Estadual de Residência Multiprofissional e em Área Profissional da Saúde (CEREMAPS), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), pela Escola de Saúde Pública da Bahia (ESPBA/SUPERH/SESAB), em parceria com as Comissões de Residência Multiprofissional (COREMU), Coordenadores dos Programas de Residência em Área Profissional da Saúde (Uniprofissional e Multiprofissional) e Fundação CEFETBAHIA.

As orientações para o dia da prova também estabelecem:

1. Uso obrigatório e adequado de máscara facial tanto para acesso, quanto para permanência no local de realização da prova.
a) A máscara facial deve cobrir completamente a região do nariz e da boca.

2. Medição de temperatura no acesso ao local de Prova. Caso a temperatura seja superior a 37,5°C, o candidato deverá responder um questionário epidemiológico e, após avaliação médica, poderá ser conduzido à sala reservada a necessidades especiais.

3. Durante toda a permanência do candidato no local de prova, deve ser respeitado o distanciamento mínino de 1,5m entre as pessoas.

4. O candidato deve se dirigir à sala de prova com os seguintes itens em mãos:
a) Documento original de identificação com foto (RG, CNH, CTPS ou carteira do Conselho de Classe), que contenha o número do documento utilizado para inscrição. Será aceita CNH digital;
b) Caneta própria, de corpo transparente, de tinta cor azul escura ou preta.

5. Procedimentos para ingressar na sala de prova:
a) Na entrada da sala, respeitando o distanciamento de 1,5m, o candidato deverá exibir o seu documento ao fiscal, esticando o braço na direção do fiscal da sala;
b) Caso o fiscal da sala não consiga fazer a identificação do candidato, ele poderá pedir que o candidato dê dois passos para trás e abaixe rapidamente a máscara;
c) Em seguida, o candidato deverá assinar a lista de presença com a própria caneta e limpar as mãos com álcool gel;
d) Em seguida, o candidato deverá entrar na sala e sentar na carteira correspondente ao seu número na lista de presença, indicada pelo fiscal.

6. Na sala de prova, o candidato deve sentar no local determinado pelo fiscal, respeitando a sinalização que assegura o distanciamento mínimo entre candidatos de 1,5m.
a) O candidato não deverá sentar nas cadeiras com isolamento físico, visando assegurar o distanciamento mínimo recomendado;
b) Durante a permanência na sala de prova, não será permitido o consumo de bebidas ou alimentos, ou realizar qualquer outra atividade que implique em retirar a máscara;
c) Não será permitido o uso de bebedouros. Assim, o candidato que desejar consumir água, deverá levar recipiente próprio e solicitar ao fiscal bebê-la fora da sala de prova.

7. Ao iniciar os procedimentos de aplicação das provas, o candidato deverá:
a) Ler e assinar a Declaração de ciência dos procedimentos de segurança;
b) Deixar a Declaração de ciência dos procedimentos de segurança sobre a carteira para que o fiscal recolha posteriormente;
c) Colocar o celular no “modo avião” e retirar a bateria do celular;
d) Colocar o celular e demais pertences eletrônicos no saco recebido para esse fim;
e) Colocar o saco de pertences embaixo da carteira. Sobre a carteira, só são permitidos lápis, caneta, borracha e recipiente de álcool gel.

8. Durante a prova, o acesso ao sanitário só será permitido após:
a) 30 minutos do início da prova, conduzido pelo fiscal volante;
b) Inspeção com detector de metais;
c) O candidato deverá retirar e exibir a máscara para o fiscal detector de metais, mantendo o distanciamento de 1,5m e, após verificação, recolocá-la imediatamente.

9. Após concluir a prova, o candidato:
a) Deve se dirigir diretamente ao portão de saída;
b) Não pode utilizar o celular;
c) Não pode utilizar o sanitário;
d) Não pode descartar sua máscara no local de aplicação das provas;
e) Somente poderá abrir o saco de pertences após sair do local de aplicação das provas.

Fonte: ESPBA

Notícias relacionadas