Notícias /

Ambulatório do ICOM é transformado em enfermaria com 20 leitos para Covid-19

01/03/2021 15:53

O aumento no número de casos de pessoas diagnosticadas com Covid-19 em toda a Bahia exigiu que o Instituto Couto Maia (ICOM), como unidade de referência para tratar os pacientes com a doença, buscasse alternativas para ofertar mais leitos ao sistema de regulação. Com isso, a unidade ambulatorial do ICOM foi transformada em enfermaria, com 20 leitos para pacientes com Covid-19.

Neste fim de semana (27 e 28 de fevereiro), diversas equipes trabalharam para preparar os leitos. A maior dificuldade para realizar a mudança não foram as instalações físicas nem equipamentos, mas sim a contratação de profissionais de saúde. Para atender estes novos leitos foram contratados 10 enfermeiros, 20 técnicos de enfermagem, três fisioterapeutas, três médicos e um nutricionista.

Assim, o hospital teve de encaminhar para outras instituições os pacientes com hanseníase e com HIV/Aids, que recebem assistência regular no ambulatório do ICOM. Os portadores de hanseníase estão sendo atendidos no Hospital Octávio Mangabeira, localizado na Praça Conselheiro João Alfredo S/N Pau Miúdo Salvador. Os pacientes portadores de HIV/Aids estão sendo atendidos no CEDAP – O Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa, localizado na Rua Comendador José Alves Ferreira, 240, Garcia – também em Salvador.

Fonte: Couto Maia

Notícias relacionadas