Notícias /

Hospital Regional Costa do Cacau recebe primeiro médico residente da unidade

18/03/2021 11:03

Importante instituição para apoiar a formação e o desenvolvimento profissional em diversas áreas da saúde, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, recebeu, na última sexta-feira (12), o primeiro médico residente da unidade. Em dezembro de 2020, o hospital conseguiu a aprovação para implantar os Programas de Residência Médica de Clínica Médica e Cirurgia Geral.

De acordo com a médica Rosângela Melo, coordenadora do Programa de Residência Médica e da Comissão de Residência Médica (COREME) do HRCC e vice-coordenadora do curso de medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), a residência é uma modalidade de especialização sob a forma de treinamento em serviço. “Na Bahia é ofertada através de um concurso regulado pela Comissão Estadual de Residência Médica, denominada SUS-Bahia”, disse.

A médica explicou que todas as instituições que atendem a clientela do SUS e promovem programas de residência médica, se qualificam para o edital de seleção da comissão estadual, onde disponibilizam suas vagas. “Os alunos recém-graduados médicos ou que se formaram há algum tempo, mas ainda não fizeram a residência ou fizeram de outras especialidades, e querem obter novos treinamentos, prestam a seleção e se destinam as diversas instituições que oferecem esses programas”, esclareceu.

Rosângela Melo destaca que o HRCC fortaleceu suas estruturas, competências pedagógicas, formou equipe e alcançou condições para desenvolver seus programas de residência médica, com visão e missão para construção de um processo de ensino aprendizado. “Iniciamos com a clínica médica e cirurgia geral, programas oferecidos chamados de pré-requisito, enquanto nos preparamos para ampliar outras especialidades que vislumbramos para 2022, como cardiologia, ortopedia e traumatologia. No Brasil se entende que para construir o especialista médico no padrão ouro, é residência médica”, pontuou.

O médico Pedro Henrique Silveira, graduado pela UESC e primeiro residente do HRCC, declarou: “Fazer parte de uma história sendo escrita, o primeiro programa de residência de Ilhéus, é uma enorme honra. Espero, dessa forma, devolver para a comunidade em todos os níveis de atenção à saúde todo o conhecimento que o ambiente do hospital irá me propiciar. Acredito que será um momento único na minha formação poder aprender com as diversas realidades deste hospital, em pacientes, em cenários de atuação e no aprofundamento teórico da nossa vivência. Espero muito que os primeiros passos deste programa sejam um ensinamento a todos os que dedicam seu trabalho ao hospital e à comunidade. Para assim, reforçar sempre que nosso papel como profissional de saúde é acolher e oferecer a cada um a equidade necessária de atenção.”

Ascom do Costa do Cacau

Notícias relacionadas