Notícias /

HGRS realiza implante de esfíncter artificial, que permite ao paciente voltar a ter controle de sua urina

20/05/2021 16:11

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) realizou, nessa quarta-feira (19), mais um implante de esfíncter artificial. Trata-se de um procedimento para tratar, com ajuda de uma bomba, a incontinência urinária de esforço moderada a grave. Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), é uma cirurgia considerada rara de acontecer.

O paciente, um idoso, havia perdido o controle do esfíncter após tratar, com radioterapia, um câncer de próstata. Razão que o levou a usar fraldas por sete anos.

“Nós implantamos nele um dispositivo que, quando acionado, seu esfíncter se abre, fazendo com que consiga eliminar a urina armazenada na bexiga”, explica o urologista e coordenador do centro cirúrgico do HGRS, Osvaldo Oliveira Lima Neto.

De acordo com o médico, essa cirurgia oferece o benefício de apresentar resolutividade alta, com baixo tempo de internação. “É um procedimento curativo, que permite devolver qualidade de vida ao paciente”, conta Osvaldo.

Participaram da operação, também, o médico residente em urologia Marcus Tavares e o urologista Joabe Carneiro – coordenador do serviço de urologia do HGRS. Já é a segunda vez que essa cirurgia é realizada na instituição durante a pandemia da Covid-19.

“O Hospital Geral Roberto Santos é, hoje, referência em urologia no estado. Oferecemos assistência integral dentro dessa especialidade, que significa que temos condições de cuidar do câncer e das sequelas provocadas pela doença”, lembra Joabe.

Notícias relacionadas