Notícias /

Profissionais de saúde participam de capacitação para preceptoria de residências

27/05/2021 11:42

Cerca de 50 profissionais da saúde vinculados aos Programas de Residências Médicas e Residências das Áreas Profissionais de Saúde – Uni e Multiprofissional – estão sendo qualificados, com competências pedagógicas básicas, para o exercício da preceptoria. O preceptor é o profissional vinculado à instituição formadora ou estabelecimentos de saúde, com formação mínima de especialista responsável pelo exercício da supervisão direta das atividades práticas realizadas pelos residentes, nos serviços de saúde onde se desenvolve o programa.

O “Curso Básico para Qualificação de Preceptores SUS da Região Metropolitana de Salvador” é ofertado pela Escola de Saúde Pública da Bahia Professor Jorge Novis (ESPBA/ SUPERH), por meio da Coordenação de Residências em Saúde (Cores/ ESPBA), e compõe uma das 33 ofertas de cursos da Escola em 2021, financiadas pelo Programa de fortalecimento do SUS – PROSUS.

A capacitação visa contribuir com a formação em educação e gestão de ensino na saúde de profissionais que participam integralmente da formação de residentes como preceptores e/ou supervisores em estágios nos Programas de Residências Médicas e em Áreas Profissionais de Saúde nos Estabelecimentos de Saúde da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia.

Para tanto, os conteúdos estão organizados em eixos temáticos voltados para formação pedagógica, educação do trabalho em saúde e gestão do cuidado, totalizando 30 horas de qualificação, e serão trabalhados de forma integrada, com o acompanhamento de professoras mediadoras.

A qualificação de preceptores é coordenada pelo professor Ângelo Castro Lima (Coordenador da Cores/ESPBA) e pela Sanitarista e Professora Jeane Magnavita (Cores/ESPBA), e as aulas estão sendo ministradas pela Sanitarista e Professora Lívia Nogueira e pelos médicos e especialistas em Medicina de Família e Comunidade professor João Zallio Coelho e Washington Abreu (Coordenador do Programa MFC/ESPBA). As atividades propostas serão realizadas com ferramentas síncronas (com a participação em tempo real do discente) e assíncronas. As atividades do curso se iniciaram no dia 21 de maio e vão até o dia 11 de junho.

Fonte: ESPBA

Notícias relacionadas