Notícias /

DIVEP capacita técnicos para ações de enfrentamento às arboviroses

09/06/2021 15:44

Construir estratégias para respostas eficazes para os casos de arboviroses no estado da Bahia, que ocorrem com mais intensidade durante o período de verão, é o principal objetivo da 1ª Oficina da Coordenação de Doenças Transmitidas por Vetores – CODTV, que está acontecendo hoje (9), durante todo o dia, numa iniciativa da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), da Secretaria da Saúde do Estado.

Segundo Ana Cláudia Nunes, coordenadora da CODVT, o encontro reúne 11 técnicos do nível central da Divep, e tem como principal proposta intervir de forma precoce e efetiva para intervir no problema das arboviroses – Dengue, Zica e Chikungunya – por meio da vigilância epidemiológica e entomológica, desde o recebimento das notificações até as ações desenvolvidas pelos municípios.

CASOS DE ARBOVIROSES

De acordo com o último boletim da Divep, esse ano foram notificados 18.046 casos de dengue no estado, o que representa uma redução de 66,99% em relação ao ano anterior. No mesmo período, foram notificados 7.178 casos prováveis de Chikungunya, uma redução de 68,2% em relação a 2020. Foram notificados 498 casos prováveis Zika, representando uma redução de 82,4% em relação ao ano anterior.

Notícias relacionadas