Notícias /

Hospital Clériston Andrade recebe visita técnica da coordenação do programa de Cuidados Paliativos da Sesab

17/06/2021 15:37

O Coordenador Estadual da Comissão de Cuidados Paliativos da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), o médico Franklin Santana, realizou nesta semana uma visita técnica ao Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) com o objetivo de alinhar ações da comissão local de cuidados paliativos. Após a ação, foi realizada uma reunião com Dr. José Carlos de Carvalho Pitangueira, diretor-Geral do HGCA, para debater sobre as necessidades, possibilidades, pendências e dificuldades do hospital na efetivação dos trabalhos na unidade.

“A visita técnica do programa de cuidados paliativos da Sesab objetiva incentivar a unidade a implementar seu programa de cuidados paliativos institucional visando aperfeiçoar a qualidade da assistência aos pacientes que enfrentam doenças graves”, concluiu Dr. Franklin.

De acordo com Carina Carvalho, membro da comissão local, nesta visita técnica ficou acordado que o Curso de Formação em Cuidados Paliativos construído pela Sesab será disponibilizado para todos os servidores da unidade. “A comissão de cuidados paliativos tem como objetivo trazer medidas de conforto para aliviar o sofrimento dos pacientes e familiares, que também são afetados, seja de forma espiritual, física ou emocional”, disse Carina.

Sobre Cuidados Paliativos

O conceito de cuidado paliativo é designado para toda e qualquer doença que não tenha possibilidade de cura – como câncer, AIDS, hipertensão ou diabetes. O cuidado paliativo objetiva aliviar a dor, por meio de um suporte que permite uma vida ativa dentro do possível, conferindo dignidade ao paciente frente ao óbito – um processo inevitável e inerente à vida. Dentre os procedimentos realizados, nenhum é empregado para acelerar ou adiar a morte, garantindo assistência de maneira ética.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), definiu em 2002, “Cuidados Paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma doença que ameace a vida, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, por meio de identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais”.

Ascom do Clériston Andrade

Notícias relacionadas