Notícias /

Evento marca encerramento dos cursos da ESPBA realizados pelo PROSUS

26/08/2021 10:00

Após seis meses de trabalho intenso e a qualificação de mais de 1 250 trabalhadores das diferentes categorias profissionais que atuam na Rede de Atenção à Saúde (RAS) do SUS-BA, a Escola de Saúde Pública da Bahia (ESPBA/SUPERH) realizou ontem (24) uma cerimônia de encerramento dos cursos realizados através do Programa de Fortalecimento do Sistema Único de Saúde na Região Metropolitana de Salvador (PROSUS).

O evento aconteceu no auditório da Escola, obedecendo todos os critérios de segurança estabelecidos pelo Governo do Estado da Bahia para conter a transmissão da Covid-19, e foi destinado aos idealizadores dos cursos, referências das áreas técnicas, apoios técnicos e referências da ESPBA (profissionais encarregados de alinhar a proposta pedagógica da Escola às ações educativas ofertadas, bem como acompanhar todas as etapas dos cursos).

O papel destes trabalhadores foi reconhecido durante o evento, pela Superintendente de Recursos Humanos da Saúde, Janaina Peralta e pela diretora da Escola de Saúde Pública da Bahia, Marilia Fontoura, que salientaram a importância da qualificação para melhoria dos serviços prestados à população, bem como para a valorização do trabalhador.

Estiveram também presentes, o Coordenador de Gestão de Processos de Pessoas (CGPP), Allan Vargas; o Secretário Executivo do Conselho Estadual de Saúde (CES), Arão Capinan, além dos conselheiros, Marcos Antônio Almeida e Marleide Castro dos Santos.

As atividades foram finalizadas com uma dinâmica guiada pela Coordenadora da Formação técnica e pós graduada da ESPBA, Millene Moura, seguida pela apresentação do tema “A formação dos trabalhadores e o trabalho na saúde: desafios e apostas contemporâneas”, conduzida pelo Diretor de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (DGTES), Bruno Guimarães.

Planejamento

As demandas das áreas técnicas foram sistematizadas em, pelo menos, 88 ações educativas, das quais atendendo às necessidades prioritárias foram executados 33 cursos pela Escola de Saúde Pública da Bahia, através do PROSUS. Os diversos trabalhadores qualificados pertencem ao quadro de pessoal de instituições públicas federais, estaduais e municipais da área da saúde ou das esferas de gestão, serviços e/ou pesquisas do Sistema Único de Saúde, da Atenção Básica/Primária, Vigilâncias em Saúde, Núcleos de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde (NUGTES), Assistência Farmacêutica e Redes de Atenção à Saúde, Atenção de Média e Alta Complexidade ambulatorial e hospitalar, Regulação, Controle, Avaliação e Auditoria.

Devido à pandemia, os cursos foram ofertados na modalidade de ensino virtual remoto síncrono (Portaria do MEC nº 544 de 16 de junho de 2020, publicada no Diário Oficial da União), que dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais, autorizando, em caráter excepcional, as instituições de ensino substituírem disciplinas presenciais por aulas remotas.

Fonte: ESPBA/SUPERH

Notícias relacionadas