Notícias /

Escola de Saúde Pública da Bahia encerra Agosto Dourado com roda de conversa

03/09/2021 10:01

Em um mês inteiro dedicado a falar sobre o aleitamento materno, a Escola de Saúde Pública da Bahia (ESPBA), da Superintendência de Recursos Humanos da saúde (SUPERH/SESAB), realizou durante o mês de agosto cinco ações que englobam o incentivo e apoio a amamentação e a doação de leite humano. As atividades fazem parte da campanha mundial “Agosto Dourado”, que em 2021, instituiu como tema central “Proteger a Amamentação: uma responsabilidade de todos”.

Com o tema mitos, verdades e a importância da rede de apoio durante o processo amamentação, a atividade de encerramento do Agosto Dourado Espba, realizada na última terça-feira (31) foi conduzida pela Enfermeira sanitarista e Apoiadora Institucional da Atenção Básica do NRS Nordeste, Rafaela Meira. A enfermeira também é Tutora da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB), que compõe uma iniciativa nacional para Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no SUS, através da atenção à saúde de crianças de 0 a 2 anos de idade e a qualificação do processo de trabalho dos profissionais de saúde.

O evento em formato de roda de conversa contou com a participação das convidadas Gicelia Assunção, Rita Nascimento, Isabela Carline e Carolina Piancó, mães de diferentes perfis, que falaram sobre suas experiências pessoais durante a gestação, puerpério e amamentação. Os depoimentos abordaram questões como o corpo da mulher, sua saúde e a do bebê, a importância da rede de apoio e dos benefícios da amamentação, este último, pontuado por Rafaela Meira “não só como ato de alimentar o outro”, mas um valor histórico que envolve cuidado e afeto, sendo também cercado de mitos, verdades, saberes e preconceitos.

Para a organizadora do evento, Rita Loureiro, que compõe a equipe de gestoras de processos formativos da Espba/ Superh, a iniciativa é apenas o ponta pé inicial para que o tema seja pautado nas ações estratégicas da saúde, “sendo agenda presente não apenas nos processos de educação permanente promovidos pela Escola, mas ganhando visibilidade em outras instâncias, em favor da promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno”, explica.

Atividades realizadas

A primeira atividade em alusão ao Agosto Dourado aconteceu no início do mês, com a exibição e debate do filme Tigers, conduzido pela Nutricionista e Membro da IBFAN Brasil (em tradução Rede Internacional em Defesa do Direito de Amamentar), Valderez Aragão. Já o segundo momento, foi reservado para a importância do profissional de saúde na Amamentação, em debate promovido pela Enfermeira Obstétrica, Loise Margarida Chamusca Paes.

O Banco de Leite Humano e a Proteção na Amamentação, apresentado por Nilma Azevedo Dourado, Enfermeira Coordenadora do Banco de Leite do HGRS, foi a terceira ação planejada trazendo para o centro do debate a importância do trabalho que é realizado pelas equipes dos bancos e da doação do leite humano para suprir a necessidade de bebês em condições especiais. Já a penúltima atividade abordou o processo da amamentação sob a ótica da pandemia, com a fala da Pediatra Neonatologista e Vice Presidente da Sociedade Baiana de Pediatria, Ana Luiza Velloso da Paz Matos, também responsável médica pelo Banco de Leite do IPERBA.

Fonte: ESPBA\SUPERH

Notícias relacionadas