Notícias /

Equipe do Hospital do Subúrbio participa de oficina do Programa de Cuidados Paliativos

17/09/2021 09:52

Cerca de 70 profissionais da equipe de Enfermagem e médicos do Hospital do Subúrbio (HS) participaram, na tarde desta quinta-feira (16), de oficina sobre hipodermóclise – administração lenta de soluções no espaço subcutâneo. Realizado pela médica paliativista Karoline Apolônia, o curso faz parte do Programa de Cuidados Paliativos da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e chega ao HS em momento importante de preparação para a implantação do Protocolo de Punção Subcutânea do hospital.

A técnica de hipodermóclise – que faz a infusão de fluidos por via subcutânea – é um dos instrumentos que podem ser utilizados na assistência a pacientes em cuidados paliativos por ser capaz de diminuir o sofrimento. “O sofrimento é diferente para cada pessoa. Não fazer procedimentos fúteis e inúteis é obrigação nossa”, pontuou Karoline, explicando não existir motivação para a prática de certos procedimentos a exemplo de múltiplas punções em pacientes em fim de vida.

Inicialmente duas turmas realizaram o treinamento, que se repetirá no dia 30 de setembro com novos grupos. O curso uniu teoria e prática, abordando as indicações para a hipodermóclise, como alterações gastrointestinais, impossibilidade de ingesta oral, alterações do nível de consciência e impossibilidade de acesso venoso. Também apresentou as contraindicações, a técnica da punção, locais para a sua correta aplicação, além da angulação da agulha em 45 graus para punção.

Segundo a enfermeira de Educação Permanente do HS, Joice Araújo, a intenção é capacitar profissionais para que sirvam de multiplicadores em suas unidades, difundindo o uso dessa terapia subcutânea para benefício dos pacientes que estejam dentro dos critérios exigidos.

Ascom Hospital do Subúrbio

Notícias relacionadas