Notícias /

Setembro Amarelo: Ação no Hospital do Subúrbio promove reflexão sobre prevenção ao suicídio

22/09/2021 16:26

O cuidado com a saúde mental, os sinais de alerta vindos de pessoas sob risco de suicídio, como ajudá-las e os locais onde é possível buscar acolhimento psicológico foram algumas das abordagens realizadas pelo Serviço de Psicologia e a equipe de Medicina do Trabalho do Hospital do Subúrbio (HS), em ação da campanha Setembro Amarelo – Mês de Prevenção ao Suicídio. O evento reuniu colaboradores nos dias 20 e 21 deste mês, que participaram de jogo educativo e esclareceram dúvidas sobre prevenção, fatores de risco e rede de suporte, como centros especializados e serviços de saúde.

O agente de transporte Joab Nascimento, do Centro Cirúrgico do HS, foi conferir a campanha no primeiro dia do evento. “As pessoas que recorrem a este tipo de ação (pôr fim à própria vida) acham que não têm mais perspectiva de vida. Atividades como esta do hospital ajudam a entender que a morte não é solução. Ter alguém para apontar um caminho é muito importante”, afirmou.

“Nosso objetivo foi trazer informação sobre um assunto que é tão difícil de ser conversado. Procuramos acolher, tirar dúvidas, ajudar e orientar todos que participaram. O cenário de pandemia da Covid-19 afetou a saúde mental das pessoas e a crise social que se instalou trouxe muitos prejuízos nesse sentido”, ressaltou a psicóloga Ana Luisa Ribeiro.

Para dar apoio aos profissionais que estejam precisando de ajuda, o Hospital do Subúrbio disponibiliza acolhimento psicológico, realizado por uma equipe de psicólogas da Gerência de Pessoas. São encorajadas a procurar o Serviço pessoas que estejam com sentimentos constantes de tristeza, medo, ansiedade. estresse e culpa, enfrentando situações difíceis (lutos, perdas, entre outros) ou com dificuldades nos relacionamentos pessoais ou profissionais.

Fonte: ASCOM/HS

Notícias relacionadas