Notícias /

Monitoramento transfusional é tema de treinamento no Hospital Metropolitano

07/12/2021 15:09

As práticas adequadas para uma comunicação efetiva entre as equipes e o registro multiprofissional voltaram a ser temas debatidos pelo Núcleo de Educação Permanente do Hospital Metropolitano (HM), nas Unidades de Terapia Intensiva e Unidade de Internação da instituição. Dessa vez, os treinamentos foram realizados em conjunto com a Agência Transfusional, chamando a atenção para a importância do correto monitoramento durante as transfusões de sangue.

As capacitações em parceria com a Agência Transfusional tiveram início no dia 22 de novembro e reforçam o ciclo de treinamentos in loco promovido anteriormente pela Educação Permanente sobre as metas internacionais de segurança do paciente. “Através de auditorias de processos internos, identificamos pontos de melhorias a serem trabalhados nos quesitos comunicação efetiva e registro seguro. Assim, optamos por fortalecer essas duas metas para extinguir quaisquer fragilidades quando do uso de hemoderivados pelo paciente”, explica Polyanna Sampaio, enfermeira da Educação Permanente. De acordo com Polyanna, o intuito foi promover o aprimoramento dos registros efetuados pelos profissionais de saúde e, assim, melhorar a qualidade da assistência prestada aos pacientes.

A enfermeira Melina Seixa, da Agência Transfusional, destaca que “o treinamento pôde mostrar de uma forma segura como monitorar o paciente em uso de hemoterápico e como reagir diante de uma reação transfusional, melhorando assim a qualidade assistencial aos pacientes da nossa instituição, fortalecendo fluxos e protocolos relacionados a agência transfusional”.

O treinamento em parceria com a Agência Transfusional, encerrado nesta segunda-feira (06), contou com expressivo envolvimento e engajamento da equipe. “Essa participação efetiva nos treinamentos se traduz, para o paciente, em uma assistência segura e de qualidade, além de fortalecer a importância da nossa política de capacitação contínua das equipes do HM”, pontua a gerente de Segurança do Paciente, Rucelly Finamori.

Na última semana, a Educação Permanente esteve unida ao Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), promovendo atividades nas UTIs e Unidade de Internação sobre higiene das mãos. “Estamos em constante trabalho de aprimoramento das nossas condutas, para garantir o cumprimento adequado de todas as metas de segurança do paciente”, ressalta Polyanna Sampaio.

Notícias relacionadas