Histórico

O Centro de Referência Estadual para Assistência ao Diabetes e Endocrinologia (CEDEBA) é uma unidade de referência de média complexidade para assistência especializada aos portadores de diabetes e outras endocrinopatias. Foi inaugurado em 24 de março de 1994, funcionando, inicialmente, anexo ao Hospital Central Roberto Santos (HGRS). Em 16 de junho de 1997, teve sua primeira sede própria, na rua Conselheiro Pedro Luís, no Rio Vermelho. Em virtude da crescente demanda de serviços, tornou-se necessária a ampliação da área física, passando a ser sediado, a partir de junho de 2002, no 3º andar do Centro de Atenção a Saúde Professor José Maria de Magalhães Netto (CAS) da SESAB.

Com o compromisso da busca incessante pela qualidade total no serviço público, o CEDEBA vem garantindo assistência especializada nas áreas de Diabetes Mellitus, obesidade e outras endocrinopatias, como referência para a rede básica de saúde do Estado.

O serviço é considerado de excelência na rede pública da Bahia pela comunidade, devido à qualidade do trabalho desenvolvido pela sua equipe multidisciplinar, coesa e integrada, em sua maioria desde a fundação, composta por profissionais com reconhecida qualificação técnica. Atualmente, o corpo clínico conta com 85 profissionais e o corpo administrativo, com 100 profissionais.

Através de convênios de cooperação técnica, o CEDEBA tem desenvolvido projetos junto à Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), International Diabetes Center (IDC), de Mineápolis, Estados Unidos, Associação Latino Americana de Diabetes (ALAD), Ministério da Saúde e Universidade Federal da Bahia, visando desenvolver modelos de assistência e protocolos clínicos para a saúde pública do Estado.

Um total de 106 trabalhos científicos foram realizados no CEDEBA, entre os anos de 2001 e 2010, resultando em publicações nacionais e internacionais.

O CEDEBA encontra-se em processo de qualificação para receber o título de primeiro centro no Brasil e terceiro na América Latina a ser considerado referência para atenção ao diabetes na Saúde Publica, pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O trabalho desenvolvido por sua equipe, destacou o CEDEBA como unidade de referência não só Estadual, mas também no âmbito nacional e internacional, liderados desde a sua fundação pela atual diretora, médica endocrinologista com pós-graduação em gestão hospitalar.