Histórico

A criação do Centro de Referência Estadual de Atenção a Saúde do Idoso (CREASI), publicada no Diário Oficial de 20 de setembro de 1994, foi resultado das propostas do Programa Estadual de Atenção à Saúde do Idoso (PROSI), atualmente Área Técnica da Saúde do Idoso (ATSI).

O CREASI inaugurou sua sede, no bairro de Brotas, na capital baiana, em 22 de janeiro de 1999, com o objetivo de oferecer à comunidade um serviço especializado na saúde do idoso frágil e também a interlocução com outras instituições a fim de fortalecer o debate sobre as ações setoriais, em conformidade com as diretrizes da macro-política. A Unidade aos poucos foi amadurecendo, formando profissionais para atuação em equipes interdisciplinares em outros locais da rede, principalmente, no interior do Estado, formatando e desenvolvendo modelos de atenção que servem como parâmetro operacional e científico.

Por ser um Centro de Referência, o número de casos que necessitavam da atenção especializada, na área de Geriatria ou Gerontologia, foi aumentando e consequentemente, o espaço existente encontrava-se inferior à demanda que se instalava. Dessa forma, em junho de 2002, a sede do CREASI foi transferida para o Centro de Atenção à Saúde (CAS), Edf. Professor Dr. José Maria de Magalhães Netto, localizado na Avenida Antônio Carlos Magalhães, s/nº, junto com mais quatro Centros de Referência, numa área de aproximadamente 2000 m2.

No dia 19 de junho de 2009, um incêndio atingiu as dependências da Unidade. Para manter o atendimento, os consultórios foram instalados em 10 módulos habitáveis. Em 15 de outubro de 2010, as novas instalações do CREASI foram inauguradas, passando a ter um número maior de consultórios, além da ampliação do espaço físico da Farmácia e do Salão da Fisioterapia.