Saúde da Mulher

Essa área tem como objetivo subsidiar, implementar e avaliar a Política Estadual de Saúde da Mulher em consonância com os diversos níveis de assistência, com vistas à redução de riscos de doenças e agravos na população específica, e garantindo a integralidade, equidade e universalidade das ações e serviços de saúde. Além disso, tem a missão de assegurar uma concepção ampliada de saúde para as mulheres, contemplando o enfoque de gênero associado ao princípio da equidade, tendo em vista as diferentes origens etnicas, orientações sexuais, gerações, condições mentais, entre outros aspectos. O marco legal é a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde da Mulher, de 2009. Tem como prioridades a Atenção Obstétrica e Neonatal, Planejamento Reprodutivo, Afecções Ginecológicas, Infecções de transmissão sexual, incluindo HIV/AIDS, Violência Doméstica e Sexual, Prevenção e Controle do Câncer de Mama e Colo de Útero.

Política Nacional de Atenção Integral a Saúde da Mulher

Ações desenvolvidas

Implantação da Rede Cegonha no Estado e de suas diretrizes nas maternidades da Rede estadual com a qualificação e humanização da atenção ao parto e ao nascimento, tendo como objetivo a redução da mortalidade materna e infantil;

Implantação/implementação de medidas visando a efetivação da presença de acompanhante de livre escolha das gestantes, durante o pré-parto, parto e pós-parto.

Qualificação da linha de cuidado Materno Infantil na Atenção Básica, com a ampliação e melhoria do pré-natal nas unidades da rede pública;

Implementação do Comitê Estadual de Estudos da Mortalidade Materna – CEEMM;

Implantação de Serviços de Referência na Atenção Humanizada a Mulheres em situação de abortamento em parceria com o Ministério da Saúde – MS, e com a Organização Pan-americana de Saúde – OPAS;

Implementação de Serviços de Atenção Diferenciada à Adolescentes Grávidas com foco na Prevenção da 2ª gestação não planejada;

Implantação de Unidades de referência na assistência ao Aborto Legal na Atenção às Mulheres em Situação de Violência Doméstica e ou Sexual, em parceria com o MS;

Implantação/Implementação de Serviços de Atenção a Mulheres em Situação de Violência Sexual e/ou Doméstica;

Qualificação dos profissionais de saúde da rede hospitalar humanizada à mulheres em situação de abortamento e na Técnica de Aspiração Manual Intrauterina – AMIU;

Implantação / implementação do Sistema de Monitoramento e Avaliação do Pré-natal, Parto, Puerpério e Criança (SISPRENATAL WEB);

Implantação e implementação das Ações de Vigilância do Óbito Materno, Infantil, Fetal;

Fortalecimento dos Comitês municipais e regionais e das Câmaras Técnicas de Análise de Óbito materno, infantil e fetal;

Fortalecimento das ações do Planejamento Reprodutivo na rede básica através da distribuição de métodos contraceptivos e capacitação dos profissionais de saúde na atenção à saúde sexual e reprodutiva;

Distribuição do Misoprostol na rede estadual hospitalar;

Elaboração e distribuição de documentos técnicos;

Implantação do monitoramento externo de qualidade para acompanhamento dos laboratórios que realizam o exame citopatológico;

Implantação do Sistema de Informação do Câncer (SISCAN);

Organização da rede de atenção oncológica no Estado;

Mais informações

Legislação e documentos oficiais
Glossário
Panorama no Estado da Bahia

Coordenação de Ciclo de Vida e Gênero – CCVG
Área Técnica de Saúde de Saúde da Mulher
4° Avenida do CAB, n° 400, Lado B, 2° andar, Sala 210 – Salvador – Bahia
Tel: (71) 3115-4245/ Fax: (71) 3371-1272
E-mail: sesab.saudedamulher@gmail.com