Cuidados básicos em situação de enchentes

A água de enchentes ou esgotos pode transmitir doenças


ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO


O QUE PODE SER APROVEITADO NA HORA DE COMER


NUNCA COMA


QUANDO A ÁGUA COMEÇAR A BAIXAR

É hora de limpar tudo e ver o que dá para aproveitar


COMO EVITAR A PRESENÇA DE RATOS


CUIDADO COM SERPENTES, ARANHAS OU ESCORPIÕES


EM CASO DE PICADA


LIMPEZA DA CAIXA D’ÁGUA PASSO-A-PASSO

  1. Feche o registro da água e esvazie a caixa d’água, abrindo as torneiras e dando descargas.
  2. Quando a caixa estiver quase vazia, feche a saída e utilize a água que restou para a limpeza da caixa e para que a sujeira não desça pelo cano.
  3. Esfregue as paredes e o fundo da caixa utilizando panos e escova macia ou esponja.
    Nunca use sabão, detergente ou outros produtos.
  4. Retire a água suja que restou da limpeza, usando balde e panos, deixando a caixa totalmente limpa.
  5. A limpeza do local deverá seguir os seguintes procedimentos: dilua 2 xícaras de chá (400ml) de água sanitária (2,0% ou 2,5%) em 20 litros de água.
  6. Aguarde por duas horas para desinfecção do reservatório.
  7. Esvazie o restante da caixa. Esta água servirá para limpeza e desinfecção das tubulações.
  8. Tampe a caixa d’água para que não entrem pequenos animais, ratos ou insetos.
  9. Anote a data da limpeza do lado da caixa.
  10. Finalmente abra a entrada de água.

ATENÇÃO

Se você ficar doente, procure a unidade e lembre-se de contar para o médico o seu contato com a água de enchente.


NÃO SE AUTOMEDIQUE

Principais riscos à saúde causados pelas enchentes: leptospirose, hepatites A e E, diarreias, doenças respiratórias, dengue, tétano acidental, febre tifóide, cólera, acidentes e doenças mentais.


CARTILHA – Baixe e compartilhe

Clique na imagem para baixar a cartilha