Projetos

Programa de Formação de Profissionais de Nível Médio para a Saúde – PROFAPS

O Programa de Formação de Profissionais de Nível Médio para a Saúde (PROFAPS) é oriundo do Mais Saúde – Direito de Todos (2008 – 2011) que possui como uma de suas diretrizes ampliar e qualificar a força de trabalho em saúde. O Programa foi idealizado com respaldo nos resultados obtidos com o Projeto de Profissionalização dos Trabalhadores da Área da Enfermagem (Profae), desenvolvido a partir de 2002. O objetivo do PROFAPS é qualificar e/ou habilitar trabalhadores em cursos de Educação Profissional para o setor saúde, já inseridos ou a serem inseridos no SUS, com o propósito da melhoria da atenção básica e especializada.

Dentre os cursos de formação técnica da EFTS, vinculados ao PROFAPS, estão o de Técnico em Análises Clínicas da Rede de Laboratório de Saúde Pública do Estado da Bahia,  Técnico em Radiologia, Técnico em Vigilância a Saúde e Técnico em Nutrição.

Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde – UNASUS

O Programa da Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (UNASUS-BA) é uma estratégia político-pedagógica de integração educação-trabalho e desenvolvimento institucional, que tem por objetivo possibilitar o desenvolvimento e integração das ações e atividades previstas pela Política Estadual de Gestão do Trabalho e da Educação Permanente em Saúde.

O UNASUS-BA abrange todo o estado, envolvendo uma articulação da Secretária  de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), através da sua Superintendência de Recursos Humanos (Superh), da Escola Estadual de Saude Pública Professor Francisco Peixoto de Magalhães Netto (EESP) e Escola de Formação Técnica Professor Jorge Novis (EFTS), com o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde (Cosemes) como representante dos municípios, instituições de ensino que aderirem ao Programa e o setor da educação no âmbito do Estado.

O Programa possibilita a articulação interna e parcerias interinstitucionais objetivando o desenvolvimento de ações e serviços de educação para qualificação da força de trabalho do SUS na Bahia, por meio de habilitação profissional, atualização, aperfeiçoamento, formação, especialização, mestrado profissional, além de outras ações educativas presenciais, semi-presenciais e à distância.