Secretaria da Saúde
Comissão Intergestores Bipartite CES SUS

Anti-tabagismo

E-mail Imprimir PDF
Modificar el tamaƱo de letra:

O tabagismo prejudica quem fuma e quem convive com o fumante. O fumante passivo tem 30% mais chance de desenvolver cĆ¢ncer que pessoas que nĆ£o respiram fumaƧa dos outros. AlĆ©m disso, a cada dia Ć© descoberta uma nova substĆ¢ncia prejudicial Ć  saĆŗde no cigarro, cuja fumaƧa contĆ©m cerca de 4.000 agentes poluentes.

Conforme dados do MinistĆ©rio da SaĆŗde, o tabagismo Ć© responsĆ”vel por 200 mil mortes por ano no Brasil. Destas, 90% sĆ£o por cĆ¢ncer de pulmĆ£o, 25% por doenƧa coronariana, 85% por doenƧa pulmonar obstrutiva crĆ“nica e 25% por doenƧa cĆ©rebro-vascular.

Mulheres
No caso das mulheres, estudo do Departamento de ServiƧos de SaĆŗde da CalifĆ³rnia, divulgado em 2004, indica que a incidĆŖncia de cĆ¢ncer de mama em mulheres fumantes Ć© 30% maior que naquelas que nunca fumaram. O cigarro Ć© tambĆ©m inimigo da vaidade feminina: torna os cabelos mais frĆ”geis, provoca amarelamento nas unhas e mĆ£os, favorece o surgimento de rugas, prejudica o hĆ”lito e engrossa a voz.

Jovens
Estudos do MinistĆ©rio da SaĆŗde alertam ainda que cerca de 90% dos fumantes adquiriram o hĆ”bito antes de 19 anos. O Banco Mundial estima que cerca de 100 mil jovens comeƧam a fumar a cada dia no mundo e, que a idade mĆ©dia de iniciaĆ§Ć£o no tabagismo Ć© de 15 anos. Por isso, as aƧƵes do Programa de Controle do Tabagismo contemplam, com prioridade, jovens na faixa entre 15 e 17 anos.

LegislaĆ§Ć£o
Na Bahia, desde 2000, a Sesab proibiu, atravĆ©s da Portaria nĀŗ 1438, o consumo de produtos fumĆ­geros nas dependĆŖncias internas da secretaria. A Portaria nĀŗ 1424, proibiu o uso do cigarro em todas as unidades de saĆŗde e no interior dos veĆ­culos oficiais da Sesab.

Em Ć¢mbito nacional, a Lei Federal nĀŗ 9294 tambĆ©m proĆ­be o fumo em recintos pĆŗblicos e privados, com exceĆ§Ć£o das Ć”reas destinadas para este fim.

PECT
O Programa de Controle do Tabagismo e outros Fatores de Risco de CĆ¢ncer (PECT), da Secretaria da SaĆŗde do Estado, foi criado em 1999. O PECT desenvolve atividades e sensibilizaƧƵes contĆ­nuas em unidades de saĆŗde, escolas e ambientes de trabalho e tambĆ©m aƧƵes pontuais, com o objetivo de manter as informaƧƵes anti-tabagismo em destaque. Essas Ćŗltimas, incluem campanhas no Dia Mundial sem Tabaco (31 de maio) e no Dia Nacional de Combate ao Fumo (29 de agosto).

As aƧƵes contĆ­nuas abrangem os programas "PrevenĆ§Ć£o Sempre", "Sabor SaĆŗde" e "SaĆŗde e CoerĆŖncia", desenvolvidos respectivamente em ambientes de trabalho, escolas e unidades de saĆŗde, possibilitando manter um fluxo contĆ­nuo de informaƧƵes sobre tabagismo e riscos para os fumantes.

Acesse aqui as peƧas publicitĆ”rias da campanha do MinistĆ©rio da SaĆŗde.

 

Sesab nas Redes