Secretaria da Saúde
Comissão Intergestores Bipartite CES SUS

Últimas Notícias

Hospital Couto Maia completa 158 anos

E-mail Imprimir PDF
Modificar el tamaño de letra:

O Hospital Especializado Couto Maia (HECM) completa neste sábado (9), 158 anos de existência. Para marcar a data, a diretoria da unidade promove uma programação nos dias 11 e 12. Na segunda-feira (11), às 8h30, no auditório da unidade, será feito o acolhimento dos novos profissionais. Logo em seguida, a infectologista Glória Teixeira, do Instituto de Saúde Coletiva (ISC), faz uma palestra sobre o tema: Novidades na Prevenção e Epidemiologia da Dengue. Às 11h será feita uma confraternização, seguida de almoço festivo. Na terça-feira (12), às 8h, será celebrada uma Missa em Ação de Graças, na Basílica do Bonfim.

Com o objetivo inicial de atender pacientes com febre amarela oriundos dos navios mercantes antes que aportavam no porto de Salvador, o HECM nasceu, inicialmente, com o nome do Hospital de Isolamento de Mont Serrat, no dia 9 de abril de 1853. Antes, o bairro era um local afastado da população, desabitado, arborizado e com uma forte ventilação, propício para acolher, tratar e controlar as epidemias que chegavam pelo mar. Teve importância fundamental no atendimento aos pacientes nas grandes epidemias, como: cólera (1855), peste bubônica (1904), gripe espanhola (1918), varíola (1919) e febre tifóide (1924).

Em janeiro de 1923, o governador Góes Calmon inaugurou os atuais prédios e homenageou o seu primeiro diretor, modificando a denominação de Hospital de Isolamento de Mont Serrat, para Hospital Couto Maia. Ao longo desses anos, o HECM vem prestando um atendimento de qualidade a todos que necessitam de seus serviços, além de se constituir num importante pólo de ensino e pesquisa, através da residência médica e estágio para estudantes das diversas áreas de saúde que procuram o hospital para aprimorar os seus conhecimentos.

L.S./M.Tb.909-Ba
/hecm/aniversário

 

Sesab nas Redes