Secretaria da Saúde
Comissão Intergestores Bipartite CES SUS

Últimas Notícias

Hospital Couto Maia completou 159 anos

E-mail Imprimir PDF
Modificar el tama√Īo de letra:

A inaugura√ß√£o do novo Ambulat√≥rio de Infectologia HIV/Aids marcou hoje (9), as comemora√ß√Ķes pelos 159 anos de inaugura√ß√£o do Hospital Couto Maia. A solenidade, que come√ßou √†s 8h30, contou com as presen√ßas das superintendentes de Aten√ß√£o Integral da Sa√ļde, Gis√©lia Santana Souza, representando o secret√°rio estadual da Sa√ļde, Jorge Solla, e Telma Dantas, de Recursos Humanos, a diretora da unidade, Ceuci Nunes, e o presidente da Comiss√£o de Sa√ļde da Assembl√©ia Legislativa, Jos√© de Arimateia. Na oportunidade, Gis√©lia Santana fez uma apresenta√ß√£o sobre as perspectivas do Instituto Couto Maia.

Com um investimento de R$23.794,00, o novo Ambulat√≥rio de Infectologia foi constru√≠do em pr√©dio anexo ao hospital. Anteriormente, ele funcionava dentro do hospital, no espa√ßo da CCIH ‚Äď Coordena√ß√£o de Controle de Infec√ß√£o Hospitalar, com dois consult√≥rios, atendendo 14 pacientes por dia. Agora s√£o tr√™s consult√≥rios, com previs√£o de atendimento de at√© 20 pessoas diariamente nas especialidades de infectologia neurol√≥gica geral e para pacientes portadores de HIV/Aids.

De acordo com a m√©dica Ceuci Nunes, no ano de 2011, foram internados 331 casos de AIDS. ‚ÄúA amplia√ß√£o do ambulat√≥rio, que em 2011 atendeu 5.275 consultas, sendo 1.162 pacientes com HIV/AIDS, poder√° ampliar o n√ļmero de consultas proporcionando uma melhor assist√™ncia e refletir na menor necessidade de interna√ß√Ķes‚ÄĚ, afirmou a diretora.

Histórico

Unidade da Secretaria da Sa√ļde do Estado (Sesab), inicialmente o HCM nasceu como Hospital de Isolamento de Mont Serrat, em 1853, com o objetivo inicial de atender pacientes com febre amarela vindos de navios mercantes que aportavam na Bahia. O bairro, na Cidade Baixa, era um local desabitado, arborizado e com uma forte ventila√ß√£o, considerado pelos especialistas como um ambiente prop√≠cio para acolher, tratar e controlar as epidemias da √©poca.

O hospital teve import√Ęncia fundamental no atendimento aos pacientes nas grandes epidemias, como c√≥lera (1855), peste bub√īnica (1904), gripe espanhola (1918), var√≠ola (1919) e febre tif√≥ide (1924). Em 1¬ļ de janeiro de 1923, o governador G√≥es Calmon inaugurou o atual pr√©dio, formado por pavilh√Ķes, e homenageou o primeiro diretor, modificando a denomina√ß√£o de Hospital de Isolamento de Mont Serrat para Hospital Couto Maia.

Ao longo desse per√≠odo, o hospital tem prestado relevantes servi√ßos √† popula√ß√£o baiana, dando assist√™ncia aos pacientes com doen√ßas infecciosas e parasit√°rias, al√©m de se constituir em importante p√≥lo de ensino e pesquisa, atrav√©s da resid√™ncia m√©dica e est√°gio para estudantes da √°rea de sa√ļde.

L.S./M.Tb.909-Ba
/hcm/anivers√°rio

 

Sesab nas Redes