Secretaria da Saúde
Comissão Intergestores Bipartite CES SUS

Últimas Notícias

Organização Pan-Americana de Saúde conhece o HEC

E-mail Imprimir PDF
Modificar el tamaño de letra:

Conhecer ainda mais de perto o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e intensificar os acordos de cooperação técnica entre os países da América. Estes foram alguns dos objetivos das visitas que a diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Mirta Roses Periago, realizou no início desta semana, em unidades de saúde da Bahia. Acompanhada do secretário de saúde do estado Bahia, Jorge Solla, a comitiva – que também contou com a participação do coordenador de Saúde Familiar da OPAS no Brasil, Rodolfo Gomez  - conheceu o trabalho desenvolvido no maior e mais importante hospital público exclusivamente pediátrico do estado: o Hospital Estadual da Criança (HEC).

“Este hospital é um exemplo de concessão e compromisso, mas é também um modelo de atenção à criança em um ambiente humanizado, de alta qualidade na oferta do serviço público. Além disso, é muito bem organizado com a parceria do governo com as instituições sem fins-lucrativos.”, afirmou Mirta Roses Periago.

Após uma apresentação com dados estatísticos e de atendimento da unidade, a diretora pôde conhecer e atestar de perto o trabalho da equipe, visitando a Emergência, as unidades de internação e unidade de terapia intensiva (UTI).

De acordo com Solla, essa iniciativa potencializa os acordos de cooperação técnica existentes entre a Organização e o estado da Bahia. “Temos uma parceria muito importante com a OPAS a mais de três anos e a contribuição que eles têm nos dado é muito positiva. Eles estão conhecendo o Sistema Único de Saúde aqui no estado e os programas e projetos eu têm feito a diferença.”, explicou Solla.

Na última segunda-feira (04), a comitiva visitou o Hospital do Subúrbio. Nesta terça (05), além de conhecer o trabalho do HEC, os membros da OPA também conferiram o projeto Saúde em Movimento desenvolvido pela SESAB que estava sendo realizado em Valença. “Essas visitas têm sido muito proveitosas, pois estamos promovendo uma cooperação de estudos. Este hospital, além de ser um ponto extremamente necessário em toda a rede de saúde, também pode ser um modelo para outros lugares do Brasil e para outros países da América do Sul.”, finalizou a diretora da OPAS, Mirta Roses.


Sobre a OPAS/OMS

A Organização Pan-Americana da Saúde é um organismo internacional de saúde pública com um século de experiência, dedicado a melhorar as condições de saúde dos países das Américas. A integração às Nações Unidas acontece quando a entidade se torna o Escritório Regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde. A OPAS/OMS também faz parte dos sistemas da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da Organização das Nações Unidas (ONU).

A Organização exerce um papel fundamental na melhoria de políticas e serviços públicos de saúde, por meio da transferência de tecnologia e da difusão do conhecimento acumulado por meio de experiências produzidas nos Países-Membros, um trabalho de cooperação internacional promovido por técnicos e cientistas vinculados à OPAS/OMS, especializados em epidemiologia, saúde e ambiente, recursos humanos, comunicação, serviços, controle de zoonoses, medicamentos e promoção da saúde.

Ascom HEC
HEC/visita opas

 

Sesab nas Redes