Doações de sangue feitas ao HEMOBA atendem constantemente à demanda do HEC

Recentemente, um grupo de voluntários procurou a unidade da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), em Feira de Santana, para doar sangue. As transfusões recebidas pela Hemoba atendem a pacientes do Hospital Estadual da Criança (HEC) e de hospitais de outros municípios.

No HEC, particularmente, há uma média de 260 transfusões por mês, conforme explica o coordenador da Agência Transfusional da unidade hospitalar, Ricardo José Leite Borges. "A atitude do grupo deveria servir de exemplo para todos aqueles capazes de doar sangue frequentemente. A Hemoba sempre está necessitando de doadores para reforçar o estoque, pois transfusões são realizadas diariamente em diversas unidades hospitalares do Estado, como aqui no HEC", afirma.

O hematologista acrescenta: "As transfusões que realizamos atendem, normalmente, a pacientes da emergência, da UTI e da Oncologia, bem como aqueles que fazem transfusão crônica mensal, a exemplo dos pacientes que possuem anemia falciforme. É preciso destacar que as solicitações de hemocomponentes estão aumentando a cada ano, em virtude da criação de novos serviços, a exemplo da oncologia e, também, devido à alta complexidade dos pacientes atendidos no HEC", frisa Ricardo Borges.

De acordo com o médico, é muito importante que as pessoas se conscientizem sobre a relevância do ato de doar sangue, pois esse pequeno gesto salva inúmeras vidas. "As doações que são feitas na Hemoba ajudam significativamente a atender a demanda aqui do HEC", ressalta o hematologista.

Requisitos - Conforme consta no site da Hemoba (www.hemoba.ba.gov.br) , para doar sangue, o voluntário deve seguir alguns critérios: apresentar um documento original com foto, estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 quilos, e ter idade compreendida entre 16 e 69 anos.

É necessário salientar que os menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, para cada doação. Além desses requisitos, o voluntário precisa estar bem alimentado - evitando ingerir alimentos com gordura antes da doação - e portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação.

Vale ressaltar que mulheres grávidas, em fase de amamentação, ou no período de três meses após o parto; pessoas que tiverem ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação, e aquelas que tiverem feito tatuagem ou colocado piercing há menos de um ano, bem como pessoas que tiveram hepatite após os dez anos de idade, estão impedidos de doar sangue.

Ascom do HEC
Hospital da Criança/sangue

 

Youtube Flickr Facebook Twitter