Mutirão de Cirurgias atende pacientes em Itaparica e Vera Cruz

A fila de espera por procedimentos eletivos no Sistema Único de Saúde (SUS) voltou a andar, nesta quarta-feira (24), nos municípios de Itaparica e Vera Cruz. Duzentas e cinquenta pessoas realizaram consultas pré-operatórias para serem submetidas a intervenções cirúrgicas de retirada de hérnias (umbilical, inguinal, epigástrica), além de histerectomia e colecistectomia.

As cirurgias começarão a ser feitas em junho, no Hospital Geral de Itaparica. "O Mutirão é dedicado a atender pessoas que precisam passar por procedimentos cirúrgicos, mas que não têm conseguido. Com a iniciativa, aproximamos os serviços da população", ressaltou o coordenador do Mutirão, Deleon Francisco.

Exames de ultrassom, eletrocardiograma e raio X completaram o diagnóstico dos pacientes, que chegaram ao Espaço CDS, na rodovia BA- 533, com exames de sangue e preventivo. Aos 64 anos, a aposentada Maurina de Jesus Oliveira foi uma das primeiras a ser atendidas. Ela viu no Mutirão de Cirurgias, promovido pelo Governo do Estado, a chance de retirar a vesícula. "Sinto muitas dores. Tentei fazer cirurgia em dois hospitais, mas não consegui. Hoje me sinto abençoada e, com fé em Deus, vou ficar boa logo", afirma dona Maurina.

A capacidade diária das consultas é de 180 pacientes, com encerramento apenas quando o último paciente for atendido. Para o atendimento nas consultas pré-operatórias, é necessário ter indicação médica para a cirurgia e ter feito o cadastro na Secretaria de Saúde do município de residência. Caso o paciente não seja cadastrado, mas tenha exames laboratoriais que comprovem a necessidade de uma das cirurgias oferecidas, ele pode passar pelas consultas pré-operatórias. Ele precisa estar com RG, CPF, Comprovante de Residência e cartão do SUS.

Mutirão

Desde o início das atividades, em setembro de 2016, até este mês de maio, já foram feitos mais de dez mil atendimentos e realizadas cerca 6,5 mil cirurgias em pacientes de 211 municípios. Além disso, cerca de outras 1,1 mil cirurgias estão agendadas. Em junho, o Mutirão vai para a região de Senhor do Bonfim. O Mutirão de Cirurgias, serviço vinculado ao Programa Saúde sem Fronteiras, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), tem a meta de atender 13 mil baianos. Todos os 417 municípios do estado serão contemplados com o projeto.

Para reduzir a fila de espera na rede SUS, o Governo do Estado disponibiliza a equipe médica e toda a estrutura para os procedimentos, além do acompanhamento do paciente após a cirurgia. Os atendimentos são realizados em hospitais estaduais e nas unidades complementares de cada região da Bahia.

Repórter: Leonardo Martins

 

Youtube Flickr Facebook Twitter