Hemoba espera população para doar sangue no carnaval

A fim de garantir o estoque de sangue para o atendimento a eventuais demandas durante o período do Carnaval em Salvador, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), órgão vinculado à Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, funcionará em regime especial, atendendo a eventuais solicitações das unidades públicas de saúde.

Para garantir uma ação que alerte a sociedade, a Hemoba reeditou a campanha de carnaval "Precisamos de todos vocês", lançada em 2014.

As peças publicitárias foram de grande impacto em todo estado e esse ano vai acontecer uma vasta ação publicitária envolvendo; emissoras de TV, rádio, outdoors e internet. Toda essa movimentação tem o intuito de convidar os foliões e não foliões a doar sangue antes e depois da festa, garantindo efetivamente a alegria de todos e o estoque de sangue para a população.

O horário de funcionamento da Hemoba (Hemocentro Coordenador) para doação de sangue, durante o carnaval 2015, começa a partir do dia 13 de fevereiro (sexta-feira), das 7h30 às 18h30; sábado (14.02) haverá um atendimento prolongado, das 7h30 às 18h; segunda-feira (16.02), das 7h30 às 18h30; terça-feira (17.02), das 7h30 às 18h30; quarta-feira de cinzas (18.02) das 13h às 18h30.

Hemóvel


A unidade móvel da Hemoba (Hemóvel) vai funcionar nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro (terça a quinta), período que antecede o Carnaval em Salvador, e após a folia, nos dias 19 e 20. A ação itinerante acontece na entrada da Praça de Serviços - Piso G1 do Salvador Shopping. Sempre atendendo a população das 9h às 17h.

Para doar, basta estar em boas condições de saúde, estar pesando acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos - menores de idade só podem doar com autorização formal e presença do responsável. As recomendações médicas são: ir bem alimentado, ter dormido o mínimo de 6 horas na noite anterior, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação e não ter fumado nas últimas 2 horas, além de evitar alimentos gordurosos.

Quem estiver gripado ou com febre; mulheres grávidas, em amamentação ou no período de três meses após o parto; aqueles que tiveram hepatite após os onze anos de idade ou, ainda, quem utiliza drogas injetáveis, não poderão doar. No momento da doação, é obrigatório apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.

Ascom da Hemoba
Hemoba/pauta

 

Youtube Flickr Facebook Twitter