Sesab registra 33,3% de redução no número de atendimentos médicos

boletim saude carnaval sabadoNas unidades da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) que estão prestando assistência aos casos de maior complexidade relacionados com o carnaval foram atendidas, de 18 horas de quinta-feira até 17 horas de hoje (sábado), um total de 28 ocorrências relacionadas com a folia, uma redução de 33,3% em relação mesmo período do ano passado, quando foram registrados 42 atendimentos. A maioria dos atendimentos foi no Hospital Geral do Estado (HGE), que registrou 18 ocorrências, a maior parte decorrente de agressão física. Em seguida, vieram os hospitais Ernesto Simões Filho, com cinco atendimentos, a Unidade de Emergência do Curuzu, com três atendimentos e o Hospital Menandro de Faria, com dois atendimentos.

Para atender à demanda durante o Carnaval, a Sesab está com um esquema especial. Foram criados 1.470 postos de trabalhos, além das escalas normais, e mais de 680 profissionais envolvidos direta e indiretamente no trabalho, entre os dias 13 a 18. Em sua maioria, estarão atuando, em regime de plantão, nos hospitais Geral do Estado (HGE), Geral Roberto Santos (HGRS), Ernesto Geral Simões Filho (HGESF), Menandro de Farias (HMF) e nas unidades de emergência de Pirajá, Cajazeiras e Curuzu. A Central Estadual de Regulação (CER) funciona normalmente 24 horas.

O Sistema de Ocorrências Médicas para o Carnaval 2015, operacionalizado pela Diretoria de Modernização Administrativa (DMA), disponibiliza, em tempo real, o número de atendimentos efetuados nas unidades de saúde envolvidas no atendimento aos foliões. Os dados poderão ser acessados na internet, no endereço www.saude.ba.gov.br. As informações do Banco de Dados estão disponíveis desde 18 horas de quinta-feira (12), até a manhã da quarta-feira de Cinzas (18).

Hemoba

Com o slogan "Precisamos de doadores que vão curtir a sofrência", a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) está funcionando durante o Carnaval, para atender aos doadores de sangue. Ontem, sexta-feira, a Hemoba recebeu 116 candidatos à doação e foram coletadas 85 bolsas de sangue. Hoje, foram atendidos 120 candidatos à doação e foram efetivadas 81 doações, números que representam um aumento de 23,5% em relação ao ano passado, quando a Hemoba atendeu, na sexta-feira, um total de 102 candidatos à doação. Desse total, 80 foram considerados aptos e foram coletadas 79 bolsas de sangue. No sábado, 65 candidatos à doação compareceram na sede da unidade, 49 foram considerados aptos, resultando na coleta de 48 bolsas de sangue.

A Hemoba funciona hoje até 18 horas, e fecha amanhã, voltando a atender segunda e terça-feira das 7h30m ás 18h30m, e na quarta-feira, 13 às 18h30m. Para doar, basta estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos - menores de idade só podem doar com autorização formal e presença do responsável. As recomendações médicas são: ir bem alimentado, ter dormido o mínimo de 6 horas na noite anterior, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação e não ter fumado nas últimas 2 horas, além de evitar alimentos gordurosos.

Fique Sabendo

Desde 18 horas de ontem, sexta-feira, a Sesab colocou em funcionamento um posto da campanha Fique Sabendo, onde são desenvolvidas ações de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e Aids. No local - avenida Ademar de Barros, proximidade das esculturas das "gordinhas", são feitos testes rápidos, distribuídos preservativos e dadas orientações sobre prevenção e diagnóstico de DST/Aids.

Ontem, primeiro dia da ação, foram realizados 39 testes e confirmado um caso de HIV positivo, em pessoa do sexo masculino.

Ações de prevenção de DST/Aids também foram levadas ao circuito Dodô (Barra/Ondina) pelo bloco da Camisinha, que fez uma parceria com o Bloco Os Mascarados, e estão sendo disponibilizadas em Porto Seguro, em dois postos do Fique Sabendo, que funcionam no mesmo horário e com as mesmas ações do posto de Ondina.

Técnicos da Superintendência de Vigilância e Proteção à Saúde (Suvisa)/Diretoria Vigilância Epidemiológica (Divep), estão de plantão todos os dias de carnaval, nas dependências do Centro de Atenção Social (CAS), na Avenida ACM, preparados para atender a qualquer eventualidade

Ocorrências epidemiológicas

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) também trabalha em regime de plantão, entre os dias 13 e 18. De acordo com Ramon Saavedra, coordenador Estadual das Emergências em Saúde Pública (Cevesp), nenhuma ocorrência foi registrada nos três primeiros dias de carnaval. A Cevesp atende pelo telefone 9994-1088.


Ascom/Sesab
Carnaval/sábado

 

Youtube Flickr Facebook Twitter