Unidade de Coleta da Hemoba em Valença completa um ano de funcionamento

Em média, são coletadas 150 bolsas de sangue por mês, que são distribuídas para 12 municípios da região.

A Unidade de Coleta (UC) da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), localizada na Santa Casa de Misericórdia de Valença, completa um ano de funcionamento nesta última semana de agosto e convida a população local e de municípios circunvizinhos a doar sangue.

Em média, são coletadas 150 bolsas de sangue por mês, o que representa 40% da capacidade instalada. Dessas doações, apenas 30% são realizadas por voluntários, os outros 70% são as chamadas doações de reposição, voltadas para pacientes que, na maioria das vezes, serão submetidos à cirurgia. O ideal é que a população crie o hábito da doação e, dessa forma, ajude a salvar vidas abastecendo os estoques de sangue.

Segundo Elizabete Rocha, coordenadora da UC de Valença, "o sangue coletado na unidade atende a demanda de doze municípios, além de viabilizar a realização de mutirão de cirurgias". Os municípios atendidos são: Cairu, Camamu, Gandu, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães. A Santa Casa, por sua vez, disponibiliza infra-estrutura física, insumos e profissionais qualificados, possibilitando o pleno funcionamento da unidade por reconhecer a sua importância para a região.

A unidade funciona s terças, quartas e quintas, das 7h30 às 12h00. Não é necessário fazer agendamento Mais informações: (75) 3641-8463.

Pré-requisitos para doar sangue

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, pesar acima de 50 kg e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade só podem doar com autorização formal e presença do responsável). As recomendações médicas são ir bem alimentado, ter dormido o mínimo de 6 horas na noite anterior, não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação e não ter fumado nas últimas quatro horas, além de evitar alimentos gordurosos. Não deve fazer a doação quem estiver gripado ou com febre, mulheres grávidas, em amamentação ou no período de três meses após o parto, quem fez tatuagem há menos de 1 ano, os que foram diagnosticados com doenças sexualmente transmissíveis, aqueles que tiveram hepatite após os onze anos de idade ou, ainda, quem utiliza drogas injetáveis.

No momento da doação, é obrigatório apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional. Homens podem doar sangue até 4 vezes a cada 12 meses, com um intervalo mínimo de 60 dias entre as doações. Mulheres podem doar até 3 vezes a cada 12 meses, com um intervalo mínimo de 90 dias entre as doações.

Fonte: Hemoba Valença
/hemoba/valença

 

Youtube Flickr Facebook Twitter