Profissionais do Recôncavo serão capacitados no manejo da Doença Falciforme

Com o objetivo de capacitar profissionais do Recôncavo baiano, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), através do Núcleo Regional de Saúde Leste, promove amanhã (18), das 8 às 17h, no Colégio Ceteps, em Cruz das Almas, o treinamento para o manejo clínico da Doença Falciforme. Esta atividade faz parte do Projeto de organização da Rede de Atenção à Pessoa com Doença Falciforme, em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), Diretoria de Gestão do Cuidado (DGC) da Sesab e municípios da região. No dia 18, o treinamento será para os médicos. Já no dia 24, serão capacitados os dentistas, no Campus da UFRB, e no dia 25, no mesmo local, serão treinados os profissionais de enfermagem.

O diagnóstico para Doença Falciforme é disponibilizado aos 417 municípios do estado, através do Teste do Pezinho realizado do terceiro ao quinto dia de vida do recém nascido. Também disponibilizado para todas as gestantes, através da triagem pré-natal em papel filtro e a população geral pelo exame de eletroforese de hemoglobina através da rede laboratorial municipal.

Em nossa população, a doença possui incidência de 1/1650 nascidos vivos (Apae Salvador) com padrão de herança autossômica recessiva. Na Anemia Falciforme a Hemoglobina normal chamada de Hb A1 não esta presente nas hemácias e sim uma hemoglobina mutante chamada de Hemoglobina S (mutante-variante).

As doenças falciformes HbSS e HbSC são as formas mais freqüentes e as mais importantes pela gravidade, elas apresentam quadro clínico de: anemia crônica, crises hemolíticas, crises vaso-oclusivas e crises álgicas (dor). O diagnóstico e o tratamento profilático introduzidos precocemente melhoram a evolução da doença e a qualidade de vida dos indivíduos, além de proporcionar orientação familiar e Aconselhamento Genético.

L.S./M.T.909-Ba

/falcifor/recôncavo

 

Youtube Flickr Facebook Twitter