Página Inicial

Tuberculose

O Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT) está integrado na rede de Serviços de Saúde. É desenvolvido por intermédio de um programa unificado, executado em conjunto pelas esferas federal, estadual e municipal. Com padrões técnicos e assistenciais bem definidos, garante desde a distribuição gratuita de medicamentos e outros insumos necessários até ações preventivas e de controle do agravo.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), por meio do Programa Estadual de Controle da Tuberculose, enfrenta a  gravidade social do problema como política pública, que requer a ação dos municípios, atraindo também o apoio de organismos internacionais, na soma de esforços para o controle da doença, levando-se em conta o alto risco de adoecimento e morte e a associação da doença com HIV/Aids.

Na Bahia, observa-se uma tendência de queda nos números e indicadores da tuberculose. Em 2009, foram diagnosticados 5.296 casos, com 343 óbitos, uma redução de 356 casos em relação ao ano anterior (2008) - 5.652 casos diagnosticados, com 418 óbitos. Dos doentes registrados, a cura chega a 72,6%.

Ações como o acompanhamento direto do paciente por um profissional de saúde ou por um familiar, estão sendo implantadas para que o paciente não abandone o tratamento, evitando o surgimento de bacilos resistentes e possibilitando um efetivo controle da tuberculose no estado.

Acesse aqui o site da Suvisa para mais informações

Programa Estadual de Controle da Tuberculose
Diretoria de Vigilância Epidemiológica - Coordenação de Vigilância de Controle de agravos
Rua Metódio Coelho Nº 55. Bairro Cidadela Av ACM. Salvador - Bahia CEP: 40.279-120
Tel: 71 3116-0079  Fax: 71 3116-0021.

 

Youtube Flickr Facebook Twitter

Av. Luis Viana Filho, 400, Secretaria da Saúde, Centro Administrativo da Bahia - CAB, CEP 41.745-900 - Salvador/Bahia - Central de Informações: 71 3115-4199
Site desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia em plataforma Joomla em conformidade com a W3C. Ativo desde 22/12/2014