Página Inicial > Notícias Cidadão Usuário > Saúde Sem Fronteiras já realizou 30 mil atendimentos em 20 dias

Saúde Sem Fronteiras já realizou 30 mil atendimentos em 20 dias

Três mil consultas oftalmológicas e mil cirurgias de catarata já foram realizadas em Miguel Calmon, no Piemonte da Chapada Diamantina, desde segunda-feira (19). Os atendimentos gratuitos fazem parte do Programa Saúde Sem Fronteiras, lançado pelo Governo do Estado no último dia 2. Moradores de 19 municípios são beneficiados pela ação, que continua na região até este domingo (25).

Com a etapa de Miguel Calmon, o programa alcança a marca de 30 mil pessoas atendidas desde o lançamento. Além do atendimento oftalmológico, o Saúde Sem Fronteiras leva serviços de rastreamento de câncer de mama (mamografia), odontologia (Odontomóvel) e doação de sangue (Hemóvel) a diversos pontos da Bahia. O investimento anual previsto é de R$ 40 milhões.

“O Saúde Sem Fronteiras engloba quatro estratégias de unidades que tem a característica da itinerância. Elas se deslocam para diversas regiões e municípios da Bahia levando a possibilidade de acesso a serviços que não são oferecidos pela rede fixa de atenção à saúde. É, portanto, uma ação complementar do Governo do Estado àquela que é feita nas unidades fixas de saúde”, explica o diretor de Projetos Estratégicos da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Enádio Moraes.

A ação já realizou cerca de 20 mil mamografias e atendeu 4,5 mil pessoas com problemas odontológicos, além de 1.080 candidatos à doação de sangue. As carretas do Odontomóvel também foram responsáveis por 52 mil procedimentos, como restauração, cirurgias de alta e baixa complexidade, tratamento de canal, coroa provisória, aplicação de flúor, exame radiológico e periodontia (tratamento de gengiva).

Oftalmologia

Em Miguel Calmon, os serviços oftalmológicos mobilizam mais de 100 profissionais, entre médicos oftalmologistas, anestesiologistas, enfermeiros e técnicos. Por dia, são disponibilizadas mil consultas e 250 cirurgias de catarata. Alunos do Programa Todos pela Alfabetização (Topa) e a população com idade a partir de 60 anos formam o público-alvo da iniciativa. Neste sábado (24), o governador Rui Costa acompanha o atendimento à população no município.

As consultas são realizadas no Hospital Padre Paulo Felber, localizado na Avenida Odonel Miranda Rios. Caso os exames detectem a catarata, o paciente pode passar pela cirurgia no mesmo dia e local. Após o procedimento, ele recebe um kit com óculos de proteção, colírio para uso durante 30 dias, receita médica e orientações por escrito.

Todos os pacientes operados devem retornar ao município para revisão nos dias 16, 17 e 18 de novembro. Um deles é o aposentado Paulo Oliveira, 55 anos, que fez o procedimento nos dois olhos. “Foi muito boa a cirurgia. Não senti dor e não fiquei com medo. Antes, eu não enxergava bem. Eu fiz o orçamento duas vezes [na rede privada] e não pude [fazer] porque era R$ 2 mil a cirurgia da catarata. Eu teria que gastar R$ 4 mil”.

Fonte: SECOM

 

Notícias Relacionadas

Youtube Flickr Facebook Twitter

Av. Luis Viana Filho, 400, Secretaria da Saúde, Centro Administrativo da Bahia - CAB, CEP 41.745-900 - Salvador/Bahia - Central de Informações: 71 3115-4199
Site desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia em plataforma Joomla em conformidade com a W3C. Ativo desde 22/12/2014