Notícias /

Pacientes do Cepred visitam JumpZone e se transformam em astronautas

29/03/2018 16:49

Imaginem um lugar onde a gravidade não existe, onde o corpo pode expandir seus limites! Na última segunda-feira (26), superando a distância, paralisação de ônibus, e outras dificuldades, a equipe de Reabilitação Intelectual do Centro Estadual de Prevenção e Reabilitação de Deficiências (Cepred), unidade da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), reuniu usuários, familiares e profissionais para visitar o espaço recreativo JumpZone, no Shopping Busca Vida, em Lauro de Freitas (região metropolitana de Salvador).

Este encontro foi um marco na perspectiva da reabilitação psicossocial, envolvendo 110 pessoas e contando com a participação da ONG Arrarai, um grupo de voluntários que realiza atividades recreativas voltadas para ações sociais. Como se fossem exploradores espaciais em uma nave, os profissionais do Cepred, juntamente com as crianças, os adolescentes e pais se despiram dos estigmas sociais, das barreiras físicas e emocionais, da superproteção e dos medos, e vestiram as roupas de astronauta, oferecidas pela administração do JumpZone, como recordação da viagem.

Segundo os profissionais do Cepred, eles não tinham a dimensão do quanto se sentiriam leves, felizes, capazes e potentes, ao se deparar com um ambiente formado por camas elásticas de todas as formas e tamanhos, com cumes, paredes para escalada, cestas de basquete, piscina de espuma, dentre outras atividades recreativas e atrativas. “Eu joguei meus problemas para cima”, dizia uma mãe. “Nunca vi meu filho tão feliz”, agradecia insistentemente um pai que, pela primeira vez, aderia a uma atividade externa programada pelo Cepred.

Para os profissionais, foi uma agradável surpresa observar um adolescente, com sérias sequelas de paralisia cerebral, saltar entre os platôs elásticos, vez que ali também deram conta de seus próprios desafios e limites corporais, percebendo que as dificuldades e os desafios estavam postos para todos.

Ao expectador de fora poderia pairar a seguinte pergunta: então é este o segredo da Reabilitação do Cepred? A integração de todos, quebrando a rigidez clínica dos papéis congelados de paciente, terapeuta e família? Neste sentido, vale retomar a metáfora do astronauta para afirmar que na nave lúdica, a deficiência perdeu sua ‘gravidade. Difícil mesmo foi convencer todos os participantes a regressarem desta nave de volta ao planeta Terra. DE acordo com a equipe de Reabilitação Intelectual o desafio é manter essas viagens possíveis na vida cotidiana.

 Fonte: Cepred
/cepred/jumpzone

Notícias relacionadas