Patologias /

Esclerose Múltipla

Esclerose Múltipla

Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas da Esclerose Múltipla (clique aqui)

CLASSIFICAÇÃO ESTATÍSTICA INTERNACIONAL DE DOENÇAS E PROBLEMAS RELACIONADOS À SAÚDE (CID-10)

– G35 Esclerose Múltipla

Atenção: Para consultar as atualizações dos medicamentos e CID-10 desta patologia, acessar o SISTEMA DE GERENCIAMENTO DA TABELA UNIFICADA DE PROCEDIMENTOS (SIGTAP).

Medicamentos
  • ACETATO DE GLATIRÂMER 40 MG INJETÁVEL (POR SERINGA PREENCHIDA)
  • AZATIOPRINA 50 MG (POR COMPRIMIDO)
  • BETAINTERFERONA 1A 12.000.000 UI (44 MCG) INJETAVEL (POR SERINGA PREENCHIDA)
  • BETAINTERFERONA 1A 6.000.000 UI (22 MCG) INJETAVEL (POR SERINGA PREENCHIDA)
  • BETAINTERFERONA 1A 6.000.000 UI (30 MCG) INJETAVEL (POR FRASCO-AMPOLA,SERINGA PREENCHIDA OU CANETA PREENCHIDA)
  • BETAINTERFERONA 1B 9.600.000 UI (300MCG) INJETAVEL (POR FRASCO-AMPOLA)
  • FINGOLIMODE 0,5 MG (POR CÁPSULA)
  • FUMARATO DE DIMETILA 120 MG (POR COMPRIMIDO)
  • FUMARATO DE DIMETILA 240 MG (POR COMPRIMIDO)
  • NATALIZUMABE 300MG (POR FRASCO-AMPOLA)
  • TERIFLUNOMIDA 14 MG (POR COMPRIMIDO)
Documentos necessários

Cópia do Cartão Nacional de Saúde (CNS) do paciente;

Cópia de documento de identidade e CPF do paciente;

Cópia do comprovante de residência;

Laudo para Solicitação de Medicamentos do Componente Especializado (LME), adequadamente preenchido (deve ser renovado SEMESTRALMENTE);

Prescrição médica devidamente preenchida (deve ser renovada SEMESTRALMENTE junto com o LME);

Termo de Esclarecimento e Responsabilidade -TER; assinado pelo médico e paciente.

Relatório médico com CID-10, informando os seguintes dados:

1. Diagnóstico de EM pelos Critérios de McDonald revisados e adaptados

2. Ausência de critério de exclusão para uso do medicamento, conforme PCDT de Esclerose Múltipla.

3.Para receber o Fingolimode, deverá estar descrito em relatório que o paciente apresentou falha terapêutica à betainterferona ou ao glatirâmer ou à teriflunomida além de informar ausência de contraindicação ao uso do fingolimode conforme protocolo clínico.

Exames para abertura de processo

Exames obrigatórios para todos os medicamentos:

  • Ressonância Magnética (RM) do encéfalo
  • Anti-HIV
  • VDRL
  • Dosagem sérica de vitamina B12
  • TSH
  Para Fumarato de dimetila, ainda:
  • Hemograma com contagem de linfócitos recente (até 6 meses)
  Para Teriflunomida, ainda:
  • Hemograma
  Para Fingolimode, ainda:
  • Hemograma com contagem de linfócitos recente (até 6 meses)
  • AST/TGO, ALT/TGP
  • Bilirrubinas
  • Avaliação oftálmica (para pacientes com esclerose múltipla e diabete melito ou com histórico de uveíte)
  Exames para solicitação condicionados à situação clínica do paciente, conforme PCDT:
  • Exame do líquor (será exigido apenas no sentido de afastar outras doenças quando houver dúvida diagnóstica).
  • Potencial Evocado Visual (apenas quando houver dúvidas quanto ao envolvimento do nervo óptico pela doença).

Exames de monitoramento

Betainterferonas

Hemograma, TGO/AST, TGP/ALT, gama-GT, fosfatase alcalina, bilirrubinas. Periodicidade: 30, 60 e 180 dias do início do uso do medicamento, seguida por monitorização a cada 6 meses.

TSH. Periodicidade: anualmente.

Glatirâmer

Não são exigidos testes laboratoriais. A monitorização é clínica (taxa de surtos, EDSS e efeitos adversos).

Teriflunomida

Hemograma. Periodicidade: 30, 60 e 180 dias do início do uso do medicamento, seguida por monitorização a cada 6 meses.

Azatioprina

TGO/AST, TGP/ALT, bilirrubinas, fosfatase alcalina, gama-GT e hemograma. Periodicidade: 30, 60 e 180 dias do início do uso do medicamento, seguida por monitorização a cada 6 meses.

Fumarato de dimetila

Hemograma com contagem de linfócitos recente (até 6 meses). Periodicidade: cada 6 meses.

Fingolimode

Hemograma com contagem de leucócitos (menos de seis meses). Periodicidade: após dois meses de finalizado o tratamento.

AST/TGO, ALT/TGP e bilirrubinas. Periodicidade: caso haja sintomas sugestivos de disfunção hepática.

Avaliação oftálmica (para pacientes com esclerose múltipla e diabete melito ou com histórico de uveíte). Periodicidade: enquanto recebem esse medicamento.

Eletrocardiograma de repouso. Periodicidade: antes e após seis horas do término da administração do medicamento.

Natalizumabe

Ressonância magnética. Periodicidade: a critério médico

Hemograma. Periodicidade: mensalmente antes de cada infusão. Em caso de alteração, deve-se repetir o exame a cada 15-30 dias até a melhora das contagens.

Unidades de Referência

Capital

Ceimeba - Central Estadual de Infusões e Medicamentos Especializados da Bahia

   Parque Solar Boa Vista

End: Rua almirante Alves Câmara , s/nº - Engenho Velho de Brotas, Salvador - BA, CEP 40301-110

Tel/Fax da farmácia: 3116-4935

Horário: 8h às 18h

E-mail:ceimeba.saude.ba.gov.br

 

HUPES - Hospital Universitário Professor Edgard Santos

End: Rua Dr. Augusto Viana, S/n - Canela, Salvador - BA, CEP 40110-060

Polo de infusão de imunobiológicos Ceaf, 1º subsolo

Tel da farmácia: 3283-8256

Horário para cadastramento: 13h às 15h

E-mail:farmamn.hupes@ebserh.gov.br

 

 

Interior

Bases Regionais de Saúde e Núcleos Regionais de Saúde (antigas DIRES)

Fluxo de acesso para Salvador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fluxo de acesso para Núcleos Regionais de Saúde (NRS) e/ou Bases Regionais de Saúde (BRS) - Antigas Dires

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Observações

  • Medicamentos não aprovados para uso em menores de 18 anos:
  • FINGOLIMODE 0,5 MG (POR CÁPSULA)
  • FUMARATO DE DIMETILA 120 MG (POR COMPRIMIDO)
  • FUMARATO DE DIMETILA 240 MG (POR COMPRIMIDO)
  • TERIFLUNOMIDA 14 MG (POR COMPRIMIDO)
  • Recomenda-se o atendimento dos pacientes em serviços especializados para avaliação diagnóstica por médicos neurologistas e prescrição dos medicamentos.
 

Data atualização: 15/09/2020