Patologias /

Hiperprolactinemia

Hiperprolactinemia

Protocolo clínico e Diretrizes Terapêuticas da Hiperprolactinemia (clique aqui)

CLASSIFICAÇÃO ESTATÍSTICA INTERNACIONAL DE DOENÇAS E PROBLEMAS RELACIONADOS À SAÚDE (CID-10)

– E22.1 Hiperprolactinemia

Atenção: Para consultar as atualizações dos medicamentos e CID-10 desta patologia, acessar o SISTEMA DE GERENCIAMENTO DA TABELA UNIFICADA DE PROCEDIMENTOS (SIGTAP).

 

 

Medicamentos
  • BROMOCRIPTINA 2,5 MG (POR COMPRIMIDO)
  • CABERGOLINA 0,5 MG (POR COMPRIMIDO)
Documentos necessários

Cópia do Cartão Nacional de Saúde (CNS) do paciente;

Cópia de documento de identidade e CPF do paciente;

Cópia do comprovante de residência;

Laudo para Solicitação de Medicamentos do Componente Especializado (LME), adequadamente preenchido (deve ser renovado SEMESTRALMENTE);

Prescrição médica devidamente preenchida (deve ser renovada SEMESTRALMENTE junto com o LME);

Termo de Esclarecimento e Responsabilidade -TER; assinado pelo médico e paciente.

Relatório médico com CID-10, informando os seguintes dados:

1. Ausência de critério de exclusão para uso do medicamento, conforme PCDT de Hiperprolactinemia .

Exames para abertura de processo

  • Exames obrigatórios para todos os medicamentos:
  • Dosagem de prolactina no soro
  • ALT
  • AST
  • Dosagem TSH
  • Creatinina sérica
  • Ureia sérica
  • B-HCG (para mulheres em idade fértil)
  • Dosagem de Macroprolactina
  • TC de hipófise ou RM de hipófise

Exames de monitoramento

PARA HIPERPROLACTINEMIA IDIOPÁTICA OU MICROPROLACTINOMA:

Dosagem de prolactina. Periodicidade: anualmente.

PARA MACROPROLACTINOMA

Dosagem de prolactina. Periodicidade: a cada 3 meses no primeiro ano de suspensão do agonista e, então, anualmente.

RM de hipófise. Periodicidade: a cada 2 a 3 meses depois de introduzido o medicamento, e repeti-la periodicamente de acordo com a evolução do paciente

(Observação: A RM de hipófise deve ser repetida se os níveis de prolactina voltarem a ficar acima do limite superior da normalidade).

Unidades de Referência

Capital

CEDEBA - Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia

End: Av. Antônio Carlos Magalhães, s/nº, Edf. Professor José Maria de Magalhães Netto. Salvador/Ba.

Tel da farmácia: 3103-6039/6040

Horário: 8h às 18h

E-mail: cedeba.farmacia@saude.ba.gov.br

 

Interior

Bases Regionais de Saúde e Núcleos Regionais de Saúde (antigas DIRES)

Fluxo de acesso para Salvador

Fluxo de acesso para Núcleos Regionais de Saúde (NRS) e/ou Bases Regionais de Saúde (BRS) - Antigas Dires

Observações

Comissão Técnica do CEDEBA poderá solicitar a presença do paciente para avaliação clínica e/ ou laboratorial complementar nos casos em que julgar necessário.

Data da atualização: 14/04/21