Patologias /

Imunossupressão no Transplante Renal

Imunossupressão no Transplante Renal

CLASSIFICAÇÃO ESTATÍSTICA INTERNACIONAL DE DOENÇAS E PROBLEMAS RELACIONADOS À SAÚDE (CID-10)

– Z94.0 Rim transplantado
– T86.1 Falência ou rejeição de transplante de rim

Atenção: Para consultar as atualizações dos medicamentos e de CID-10 desta patologia, favor acessar o SISTEMA DE GERENCIAMENTO DA TABELA UNIFICADA DE PROCEDIMENTOS (SIGTAP)

Medicamentos
  • AZATIOPRINA 50 MG (POR COMPRIMIDO)
  • CICLOSPORINA 100 MG (POR CAPSULA)
  • CICLOSPORINA 100 MG/ML SOLUCAO ORAL (POR FRASCO DE 50 ML)
  • CICLOSPORINA 25 MG (POR CAPSULA)
  • CICLOSPORINA 50 MG (POR CAPSULA)
  • EVEROLIMO 0,5 MG (POR COMPRIMIDO) 
  • EVEROLIMO 0,75 MG (POR COMPRIMIDO) 
  • EVEROLIMO 1 MG (POR COMPRIMIDO) 
  • IMUNOGLOBULINA HUMANA 5,0 G INJETAVEL (POR FRASCO)
  • MICOFENOLATO DE MOFETILA 500 MG (POR COMPRIMIDO)
  • MICOFENOLATO DE SODIO 180 MG (POR COMPRIMIDO)
  • MICOFENOLATO DE SODIO 360 MG (POR COMPRIMIDO)
  • SIROLIMO 1 MG (POR DRAGEA)
  • SIROLIMO 2 MG (POR DRAGEA)
  • TACROLIMO 1 MG (POR CAPSULA)
  • TACROLIMO 5 MG (POR CAPSULA)
Documentos necessários

  • Cópia do Cartão Nacional de Saúde (CNS) do paciente;
  • Cópia de documento de identidade e CPF do paciente;
  • Cópia do comprovante de residência;
  • Laudo para Solicitação de Medicamentos do Componente Especializado (LME), adequadamente preenchido (deve ser renovado TRIMESTRALMENTE);
  • Prescrição médica devidamente preenchida (deve ser renovada TRIMESTRALMENTE junto com o LME);
  • Termo de Esclarecimento e Responsabilidade -TER; assinado pelo médico e paciente.
  • Relatório médico com CID-10:

Exames para abertura de processo

Exames Obrigatórios:

  • Para rejeição aguda celular: 
-Creatinina sérica (pelo menos 2 dosagens com intervalo de 2 dias)
  • para rejeição aguda mediada por anticorpos:
-Anti-HLA;

-Biópsia renal;

  • Para rejeição crônica:
-creatinina sérica;

-Ultrassonografia e doppler colorido da vasculatura do enxerto;

-Biópsia renal

Exames de monitoramento

Para azatioprina:

  • Hemograma. Periodicidade: semanal nos primeiros 2 meses, após a critério médico.
  • ALT, AST, fosfatase alcalina e bilirrubinas. Periodicidade: a critério médico
Para ciclosporina:
  • Dosagem sérica do fármaco, hemograma, glicose, creatinina, lipídeos, eletrólitos, ALT e AST.  Periodicidade: a critério médico
Para tacrolimo:
  • Dosagem sérica do fármaco. Periodicidade: semanal nos primeiros 3 meses, mensal no primeiro ano e após a cada 2 a 3 meses
  • Hemograma, glicose, creatinina, lipídeos, eletrólitos, ALT e AST .Periodicidade: a critério médico
Para micofenolato de mofetila e sódio:
  • Hemograma. Periodicidade: a critério médico
Para sirolimo e everolimo:
  •  Dosagem sérica do fármaco, glicose, creatinina, lipídeos e eletrólitos. Periodicidade: a critério médico
PARA IMUNOGLOBULINA HUMANA:
  • BIÓPSIA RENAL;
  • RELATÓRIO MÉDICO COM CONDIÇÕES CLÍNICAS DO PACIENTE.

Unidades de Referência

Capital

FIMAE - Farmácia Integrada da Atenção Especializada

End: Praça Conselheiro João Alfredo, s/nº - Pau Miúdo, Salvador - BA, CEP 40320-350

Tel/Fax da farmácia: 3117-1645

Horário: 8h às 18h

E-mail:fimae.dasf@gmail.com

 

HUPES - Hospital Universitário Professor Edgard Santos

End: Rua Dr. Augusto Viana, S/n - Canela, Salvador - BA, CEP 40110-060

Pólo de infusão de imunobiológicos Ceaf, 1º subsolo

Tel da farmácia: 3283 8256

Horário para cadastramento: 13h às 15h

E-mail:farmamn.hupes@ebserh.gov.br

 

Interior

Bases Regionais De Saúde E Núcleos Regionais De Saúde (antigas DIRES)

 

UNIDADE DE INFUSÃO:

HUPES - Hospital Universitário Professor Edgard Santos

End: Rua Dr. Augusto Viana, S/n - Canela, Salvador - BA, CEP 40110-060

Pólo de infusão de imunobiológicos Ceaf, 1º subsolo

Tel da farmácia: 3283 8256

Horário para cadastramento: 13h às 15h

E-mail:farmamn.hupes@ebserh.gov.br

Fluxo de acesso para Salvador

Fluxo de acesso para Núcleos Regionais de Saúde (NRS) e/ou Bases Regionais de Saúde (BRS) - Antigas Dires

Observações

  • Pacientes transplantados de rim devem ser atendidos em serviços especializados, integrantes do Sistema Nacional de Transplantes, para sua adequada inclusão neste Protocolo e acompanhamento
  • pacientes sensibilizados devem ser atendidos em hospitais adequadamente equipados, isto é, que tenham condições de pesquisa de C4d em biópsias do enxerto e laboratório de imunologia equipado para pesquisar autoanticorpos específicos anti-HLA e para realizar prova cruzada por métodos mais sensíveisdo que o da citotoxicidade
Data da atualização: 01/11/2018