Educação em Saúde do Trabalhador

Educação Permanente em Saúde do Trabalhador

A formação dos profissionais de saúde que integram a Rede de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador – RENAST/SUS/BA, constitui-se numa das prioridades para o desenvolvimento de ações integrais e efetivas de promoção, prevenção de riscos e agravos e proteção da saúde da população trabalhadora.

A proposta de Educação Permanente em Saúde do Trabalhador foi elaborada em consonância com a Política Nacional de Educação Permanente para o SUS e vem sendo operacionalizada com base no planejamento, avaliação e desenvolvimento da ação educativa tendo o trabalho como princípio pedagógico central. Na DIVAST/CESAT a estratégia de Educação Permanente envolve diferentes formas de desenvolvimento da ação educativa, no cotidiano do serviço e planejamento das suas ações de formação e qualificação dos atores que compõem a RENAST/BA.

Estes atores são compostos pelos profissionais de saúde: da DIVAST/CESAT; CEREST; DIRES; VISAU das SMS; Unidades Sentinelas e integrantes do Controle Social.

O desenvolvimento da proposta de Educação Permanente e processos formativos em Vigilância da Saúde do Trabalhador envolvem desde 2007 várias estratégias, a saber:

  • Inserção de conteúdos de ST nos cursos promovidos pelas demais Diretorias da SESAB
  • Qualificação profissional para as equipes de Vigilância Sanitária e Saúde Ambiental – DIVISA
  • Formação dos agentes de endemias – DIVEP
  • Curso de Especialização à distância em Saúde da Família – DAB ( Módulo ST)
  • Cursos técnicos para trabalhadores de saúde do nível médio – EFTS (para técnicos de enfermagem, ACS, ACE). – Educação Permanente em ST para o Controle Social da RENAST/BA
  • Acompanhamento dos Cursos de Educação Permanente loco regionais para atores sociais que compõe os Conselhos Gestores dos CEREST,
  • Conselho Municipal e Comissão Intersetorial em Saúde do Trabalhador/CIST (previsão 560 participantes) – Educação Permanente voltada para RENAST/BA
  • Apoio Matricial/institucional para os CEREST e DIRES – Projetos Integrados de Intervenção em VISAU
  • Capacitação em VISAT ( CEREST, VISAU SMS)
  • Treinamento em serviço para os CEREST – Pós-graduação
  • Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador – CEST: parceria com o Instituto de Saúde Coletiva/ISC/UFBA para técnicos dos CEREST, das vigilâncias das SMS dos municípios pólo de microrregião e das DIRES – 6ª edição, EAD/presencial.
  • Residência em Medicina do Trabalho – parceria com o Departamento de Medicina Preventiva e Social
  • Estágios Curriculares – parceria com a escola de Serviço Social da UCSAL.
  • Curso para implementação das Unidades Sentinela em ST: em nível de atualização, EAD, para equipes de Vigilância à Saúde municipal, dos 417 municípios do Estado da Bahia, gestores e técnicos que compõem os CEREST e as Unidades Sentinelas já implantadas. – Participação no Comitê do Programa da UNASUS/ representação SUVISA
  • Residência em Medicina do Trabalho-parceria com o Departamento de Medicina Preventiva e Social da UFBA.
  • Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador-parceria com o Instituto de Saúde Coletiva/ISC/UFBA.
  • Estágios curriculares-parcerias com várias universidades (Escola de Serviço Social/ UCSAL, Curso de Terapia Ocupacional da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública – EMMSP) – Educação Permanente em Saúde do Trabalhador voltada para a RENAST Oficinas e treinamentos em serviço, Curso de Formação para o Controle Social, inclusão de conteúdos de ST em cursos da SESAB (na EFTS, junto com a DAB, com a DIVISA) e estratégias de Educação Permanente internas (GEI, Sessão de Pesquisa).