Causas Externas

Sistema Tabnet

Clique aqui e acesse

Relatórios e Planilhas

O crescimento dos agravos resultantes das Causas Externas (acidentes e violências) vem representando um grande desafio para os gestores. No Brasil, esses eventos se constituem na terceira causa de mortalidade. Na Bahia vem ocupando a segunda causa de óbito (15,5%), sendo superado pelas doenças cardiovasculares (23,3%). As consequências relacionadas a esses agravos provocam grandes danos, não só físicos e emocionais, como também, acarretam um alto custo financeiro para o país. Dessa forma, planos de ações específicos e intersetoriais devem continuar
sendo executados e ampliados com o objetivo de minimizar esses agravos.  Apresentamos a seguir relatório sobre essas causas na Bahia e Planilha de Mortalidade por todas as causas e faixa etária, chamando atenção para a incidência das mortes por Causas Externas como primeira causa de mortalidade na faixa etária de 1 – 49 anos de idade.

 

Documentos

Instrutivo da notificação de violência interpessoal/autoprovocada: Clique aqui

Ficha de notificação de violência interpessoal/autoprovocada: Clique aqui

Legislação

Estabelece o repasse de recursos financeiros do Piso Variável de Vigilância e Promoção da Saúde, aos estados, Distrito Federal e municípios, para implantação, implementação e fortalecimento da Política Nacional de Promoção da Saúde, com a finalidade de fomentar ações de vigilância e prevenção de violências e acidentes e vigilância e prevenção de lesões e mortes no trânsito e promoção da paz no trânsito.

PORTARIA Nº 22 DE 09 DE AGOSTO DE 2012 – MS: MANUAL PARA FORMULAÇÃO DE PROJETOS REFERENTES À PORTARIA DE INCENTIVO À VIGILÂNCIA E PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIAS E ACIDENTES 2012