Segurança do Paciente

O que é Segurança do Paciente?

Capacidade de um serviço evitar lesões e danos ao paciente, decorrentes do cuidado, que tem como objetivo ajudá-lo.

 

Por que a Segurança do Paciente é importante?

Ao recebê-lo na admissão, a unidade hospitalar tem como principal preocupação preservar seu bem-estar e evitar riscos no período em que receberá os cuidados necessários. Esses tipos de situações não intencionais podem prolongar o tempo de internação e agravar seu quadro.

Os profissionais de saúde devem conhecer os seus pacientes para desenvolver suas ações com mais qualidade e segurança, evitando acidentes e lesões.

 

O que são as metas da Segurança do Paciente?

São ações que objetivam promover melhorias específicas na segurança do paciente por meio de estratégias que abordam aspectos problemáticos na assistência a saúde, apresentando soluções baseadas em evidências para esses problemas.

 

Quais são as metas da Segurança do Paciente?

  • Identificação de pacientes – Esse protocolo tem como objetivo garantir que o paciente esteja identificado corretamente na intenção de reduzir incidentes;
  • Prevenção de quedas – Tem como finalidade diminuir a ocorrência de quedas de pacientes e os danos resultantes por meio de implementação de medidas que avaliem esse risco;
  • Prática da higienização das mãos em serviços de saúde – A higienização das mãos tem como finalidade prevenir a transmissão de micro-organismos, controlando infecções cruzadas relacionadas à equipe, e visando a segurança do paciente e também dos profissionais envolvidos no cuidado;
  • Segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos – Esse protocolo foi desenvolvido para garantir e promover práticas seguras no uso de medicamentos em todos os estabelecimentos prestadores de cuidados à saúde;
  • Prevenção de lesão por pressão – Esse protocolo foi desenvolvido com a intenção de combater a ocorrência de lesão por pressão — lesão na pele e tecido, geralmente sobre uma proeminência óssea, causada pela pressão e/ou cisalhamento — e outras lesões de pele. A lesão por pressão é uma consequência muito comum em pacientes que permanecem hospitalizados por grande período;
  • Cirurgia segura – O protocolo da cirurgia segura foi realizado com a finalidade de implantar medidas para diminuir incidentes, eventos adversos e mortalidade cirúrgica.

 

Não sou profissional de saúde. Como estou inserido na Segurança do Paciente?

O paciente deve participar ativamente de seus cuidados, questionando e interagindo com a equipe, acerca do seu histórico médico. Além disso, estar em um ambiente em que paciente e familiares sejam ativos na busca de segurança e promoção de saúde, gera motivação e bem estar com o cuidado prestado.